Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Cultura

A vida após aposentadoria é tema da nova mostra do Cinema da USP

Evento que inicia em 22 de julho convida público a refletir sobre rumos da previdência pública no Brasil

 
Eu, Daniel Blake é um dos filmes em cartaz na mostra Divina Previdência, do Cinusp – Foto: Divulgação / Cinusp
Seja na Itália dos anos 50, seja na Inglaterra de 2017, a aposentadoria rende debate em diferentes locais e momentos, inclusive no Brasil atual. Pensando nisso, a nova mostra do Cinema da USP Paulo Emílio (Cinusp) evidencia a realidade do cidadão que não é mais parte ativa da força de trabalho. A Divina Previdência estreia no dia 22, segunda-feira, e fica em cartaz até 11 de agosto. Para Davi Morales, um dos curadores, “ressaltar e refletir a situação do País por meio da arte — que tem que ser política — de uma forma crítica é muito importante”.

Para os curadores, Umberto D. é capaz de emocionar o público – Foto: Divulgação / Cinusp
Entre os destaques está Umberto D. O filme do neorrealismo italiano se passa na década de 50 e apresenta um aposentado que, mesmo sendo ex-funcionário público, é obrigado a viver na rua ao lado de seu cachorro. A mesma dificuldade é abordada sob cenário britânico e na década atual em Eu, Daniel Blake, do diretor Ken Loach, já conhecido por tratar de desigualdades sociais em seus filmes. 

Refletir sobre como esse tema foi abordado nos filmes, em diferentes países e períodos, pode nos ajudar a pensar no que está acontecendo aqui, como e por quê”, afirma Wellington Gomes, que também faz parte da curadoria da mostra. Morales complementa: “É uma preocupação nossa diversificar para não ser algo pontual e que não tem reverberação, até porque esse é um tema recorrente do mundo como um todo”. 

Os curadores da mostra, Davi Morales e Wellington Gomes – Foto: USP Imagens/Cecília Bastos
Um dos poucos documentários da mostra, o brasileiro O Fim e o Princípio aproxima o sertão da Paraíba dos holofotes – Foto: Divulgação/Cinusp
No território brasileiro, o documentário O Fim e o Princípio, de Eduardo Coutinho, conta a história de moradores de uma vila no sertão da Paraíba, abordando inclusive as dificuldades enfrentadas por idosos, em uma vivência bastante distinta de São Paulo. “É isso o que o cinema tem de bom. Coloca outras realidades que não a nossa para observar e considerar”, diz Morales. Ele destaca que o longa terá exibição especial em 35 mm, trazendo a experiência do cinema clássico.

A programação também conta com três curtas-metragens, que complementam a narrativa de três longas: A Casa dos Pequenos Cubinhos, animação asiática que ganhou Oscar e abre a sessão de Gray Gardens; Visões da Europa: Prólogo acompanha Umberto D.; e Divina Previdência, que dialoga com Eu, Daniel Blake. O agrupamento entre curta e longa não ocorre de forma aleatória. No caso da última combinação, ambos lidam com as dificuldades da burocracia, a qual existe para evitar que o cidadão consiga o benefício.

A Casa dos Pequenos Cubinhos, que ganhou um Oscar de Melhor Curta-Metragem Animado, integra a programação – Foto: Divulgação/Cinusp
Por mais que a mostra tenha o título de Divina Previdência, Gomes e Morales enfatizam que não se trata de uma referência ao curta de Sérgio Bianchi. O nome do evento foi decidido durante a escolha do tema, há cerca de quatro meses, como uma ideia do diretor do Cinusp, Cristian Borges. “Só depois, durante a pesquisa de filmes, é que descobrimos o curta”, diz Gomes. 

A produção da mostra, com pesquisa e seleção dos filmes, durou cerca de dois meses. A ideia foi trazer filmes que retratam a velhice e suas condições não ideais devido a fatores financeiros. Além de Borges, Morales e Gomes, participaram da curadoria Eric Santos e Lucas Silva. 

A mostra Divina Previdência do Cinema Paulo Emílio (Cinusp) da USP acontece de 22 de julho a 11 de agosto. As sessões ocorrem de segunda a sexta-feira, às 16 e às 19 horas, no Cinusp (Rua do Anfiteatro, 181, Colmeias, Favo 4, na Cidade Universitária, em São Paulo), e às 14 às 16 horas, no Centro Universitário Maria Antonia da USP (Rua Maria Antonia, 258, Vila Buarque, em São Paulo). Para conferir a programação completa, acesse o site do Cinusp. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-3540.

jQuery(document).ready(function($) { $.post('https://jornal.usp.br/wp-admin/admin-ajax.php', {action: 'wpt_view_count', id: '259188'}); });

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE