Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Servidores Municipais participam de capacitação da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil

 
 -   /
/ /

Esta semana a Secretaria de Saúde através da coordenadora do NASF, Danieli Buzzacaro está realizando a capacitação de turmas da saúde sobre a Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) ação do Ministério da Saúde. A primeira turma a ser capacitada foi a do PSF Vida Nova. Nesta semana foi à vez da equipe do Centro de Saúde Doutor Henrique Souza Chaves. No entanto segundo Danieli todas as equipes receberam a capacitação entre elas estão; a equipe do PSF Sol Nascente e a equipe 2 do Centro de Saúde.

Os objetivos desta capacitação são; Discutir a prática do aleitamento materno e da alimentação complementar no contexto do processo de trabalho das UBS. Discutir ações de promoção, de proteção e de apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar visando a sua implementação ou fortalecimento de ações já implementadas.  Além das equipes de saúde nesta mesma estratégia todas as equipes das CMEIS Padre Antônio e Vovó Camilo, incluindo a extensão também serão capacitadas.

Para a coordenadora do NASF, Danieli Buzzacaro o aleitamento materno tem uma importância exclusiva para a alimentação do bebê nos primeiros meses de vida, e como os pais têm muitas dúvidas nessa fase, este trabalho de capacitação dos profissionais da saúde tem como objetivo levar mais conhecimento aos pais.

“Sabemos da importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade e mantido até os dois anos ou mais e também da importância da alimentação complementar. É na alimentação complementar que a criança começa a provar os novos sabores, sendo importante para a formação de hábitos alimentares futuros. Hábitos estes que interferem diretamente em doenças crônicas como obesidade, diabetes mellitus e hipertensão arterial. E, assim como os pais e responsáveis têm muitas dúvidas nessa fase da alimentação complementar, também os profissionais de saúde e de educação, muitas vezes não têm todas as informações que são muitas, necessárias para amparar e promover a alimentação complementar da melhor maneira, por isso, essa capacitação usa metodologias ativas, fazendo os profissionais refletirem sobre sua abordagem e processo de trabalho, bem como aprendendo de maneira prática toda as informações para promover a alimentação complementar saudável junto com os pais e responsáveis”, concluiu Danieli.

 

 

PUBLICIDADE

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE