Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Trump anuncia aumento de sanções ao Irã

Presidente dos Estados Unidos afirmou que iranianos já estavam enriquecendo urânio secretamente, apesar de terem assinado um pacto em que se comprometiam a respeitar limite de 3,67%.

 
 -   /
/ /

O presidente americano, Donald Trump, advertiu nesta quarta-feira (10) que, em breve, as sanções contra o Irã serão elevadas "substancialmente", em um momento de agravamento das tensões pelo programa nuclear de Teerã.

O Irã enriquece urânio a níveis proibidos pelo acordo internacional firmado pelo governo de seu predecessor Barack Obama, afirmou Trump.

Ele alegou também que o pacto "ia expirar em poucos anos".

"As sanções vão aumentar em breve, substancialmente", disse, em uma rede social.

Na segunda (8), a Organização Internacional de Energia Atômica (OIEA), ligada à ONU, confirmou que o Irã de fato enriqueceu urânio em grau acima do permitido no acordo nuclear de 2015.

Pelo pacto, o país persa deveria limitar o enriquecimento a 3,67%.

O urânio de baixo enriquecimento é usado para produzir combustível para reatores nucleares, mas, potencialmente, pode servir para a produção de armas nucleares. O país persa ameaçou reiniciar as centrífugas desativadas e aumentar o enriquecimento de urânio para 20%.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE