Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Cerca de 70% dos ataques de animais peçonhentos no Pará são provocados por cobras, afirma Sespa

Além disso, 24% das ocorrências são estão relacionadas à escorpiões e outros 4% à aranhas. A maioria desses ataques acontecem nas áreas rurais.

 
 -   /
/ /

Cerca de 70% dos ataques de animais peçonhentos no Pará são provocados por serpentes. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), a maioria desses ataques acontecem nas áreas rurais. Além disso, 24% das ocorrências são estão relacionadas à escorpiões e outras 4% à aranhas.

De acordo com a coordenadoria estadual de zoonoses, o uso de equipamentos de proteção individual no campo é necessário para prevenir ameaças. São recomendadas luvas de couro e botas de cano alto, além de perneira, durante trilhas e passeios na mata. Nas limpezas de áreas com acúmulo de lixo é recomendado também o uso de sapatos fechados e luvas grossas.

Caso as proteções não consigam evitar o ataque, a Sespa recomenda que a vítima procure atendimento médico imediatamente, lave o local da picada com água e sabão e mantenha repouso até a chegada à unidade de saúde. A Sespa também pede que a vítima não amarre o membro acidentado e não cortar, sugue ou aplique qualquer tipo de substância no local.

Serviço

Em caso de dúvidas quanto à espécie envolvida nos acidentes por animais peçonhentos, os profissionais de saúde podem entrar em contato com o Centro de Informações Toxicológicas (CIT) pelos telefones: 08007226001/ (91) 3259-3748/ 3249-6370.

 

 

PUBLICIDADE

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE