Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Empresário é denunciado pela morte de mulher no centro de Paragominas, no PA

MPPA pede processo e condenação pelos crimes de homicídio qualificado, porte ilegal de arma e ''embriaguez ao volante''.

 
 -   /
/ /

O empresário Thiago Nunes Dias foi denunciado pela Vara Criminal da Comarca de Paragominas, sudeste do estado, do Ministério Público do Pará (MPPA) pela morte de Marleide Franco Barbalho.

A vítima foi assassinada com dois tiros no centro comercial da cidade, quando iria fazer exames no último dia 22 de junho. O G1 tenta localizar a defesa do empresário, mas ainda não obteve retorno.

Segundo o MPPA, as informações do caso não indicam qualquer relacionamento entre o denunciado e a vítima. Thiago, de acordo com a denúncia, portava ilegalmente arma de fogo e dirigia um carro embriagado e sob efeito de cocaína.

A promotoria pede processo e condenação pelos crimes de homicídio qualificado, porte ilegal de arma e "embriaguez ao volante".

À Polícia, Thiago disse que adquiriu a arma usada no crime há cerca de dois anos em Imperatriz, no Maranhão. Imagens de câmeras de segurança foram analisadas pela Polícia. O vídeo mostra Thiago exibindo a arma em um estabelecimento comercial.

Após o crime, o acusado saiu do local dirigindo pela contramão em uma avenida, segundo as investigações. Ele foi encontrado na cidade de Aurora do Pará e foi preso pela Polícia.

Segundo a Polícia, Thiago estava sendo levado à comarca de Mãe do Rio pelo pai. Com eles, foram encontrados mais de R$2 mil, celular, documentos e outros objetos.

O MPPA informou que Thiago é dono de uma lanchonete localizada em frente à ótica onde a vítima iria fazer exames. Diversas testemunhas presenciaram o crime e reconheceram o acusado. Oito testemunhas foram convocadas durante o inquérito.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE