Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Maestro Silvio Baccarelli morre em SP aos 87 anos

O corpo está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo Alesp .

 
 -   /
/ /

O maestro Silvio Baccarelli, 87 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (21), em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Beneficência Portuguesa com quadro de infecção urinária, mas as causas da morte não foram divulgadas. O corpo está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Em nota, o instituto afirmou que "mais do que um renomado maestro e músico, e vencedor de relevantes prêmios junto aos grupos musicais idealizados e regidos por ele, Silvio foi um homem movido pela bondade e dedicação."

"Uma pessoa que com suas ações instigadas pela vontade de ajudar e de mudar a realidade social de nossa sociedade foi responsável por fundar a instituição que leva o seu nome, o Instituto Baccarelli, que, hoje, continua sua missão de transformação de nossa sociedade por meio do oferecimento de oportunidades", afirmou o documento

Ainda de acordo com o comunicado, o instituto afirmou que "Silvio deixa o seu legado musical, mas, para nós, é e para sempre será mais do que um grande músico, sempre será um exemplo de ser humano! É por ele e suas ações que nós somos esta instituição movida pela transformação social, pela educação e pela música. É por ele e suas ações que a Comunidade de Heliópolis contou com vários destinos transformados."

Morre o maestro Silvio Bacarelli

Morre o maestro Silvio Bacarelli

Jovens de Heliópolis encontram oportunidades através de orquestra

Jovens de Heliópolis encontram oportunidades através de orquestra

Perfil

Nascido em 1931, Silvio Baccarelli iniciou sua trajetória musical aos 12 anos de idade, quando ingressou no Seminário em São Sebastião do Paraíso (MG). Aos 15 anos, assumiu a regência do Coro no qual atuava, enquanto estudava para tornar-se padre e especialista em música sacra.

Depois de abandonar o sacerdócio, mas sem nunca deixar de ser um missionário, Sílvio fundou, em 1960, o Coral Baccarelli, que até 1980 chamava-se “Coral Clássico e Folclórico de São Paulo”. Com o objetivo de divulgar a música coral em sua mais ampla expressão, o Coral Baccarelli apresentou-se, em 1987, em Madrid, durante as celebrações pelo centenário do compositor Heitor Villa-Lobos, e, em 1994, recebeu os prêmios de “Melhor Grupo Coral” e “Melhor Gravação de Música Erudita” da Associação Paulista de Críticos de Arte.

Em 1996, comovido com a notícia de um incêndio que desabrigou centenas de pessoas em Heliópolis – comunidade próxima ao bairro onde vivia e trabalhava, Sílvio começou a dar aulas de música voluntariamente para 36 crianças de uma escola pública da região. Alguns meses depois, estava formada a pequena orquestra de cordas que deu origem ao Instituto Baccarelli, projeto que atualmente oferece cursos de musicalização, canto e instrumentos sinfônicos para mais de mil crianças e jovens da comunidade.

Orquestra Juvenil de Heliópolis

Formada por 60 instrumentistas com idade entre 14 e 25 anos, a Orquestra Juvenil Heliópolis foi criada em 2009 e mantida pelo Instituto Baccarelli para democratizar o acesso à música de concerto, levando jovens carentes a palcos como Sala São Paulo, Theatro São Pedro, Centro Cultural São Paulo e MASP Auditório.

Instituto Baccarelli ensina música para mais de mil crianças e jovens em Heliópolis

Instituto Baccarelli ensina música para mais de mil crianças e jovens em Heliópolis

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE