Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Mortes violentas no Pará caem 27% nos primeiros quatro meses do ano; Estado é o 5º com mais casos

Somente no mês de abril, o Pará registrou 260 mortes violentas, atrás apenas de São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro e da Bahia.

 
 -   /
/ /

Os casos de mortes violentas no Pará reduziram 27% nos primeiros quatro meses de 2019, em comparação com o mesmo período no ano passado. Foram 1.398 casos em 2018 e 1.016 neste ano, uma diferença de quase 400 registros. Ainda assim, em abril o Pará é o quinto estado do Brasil em número de mortes. Os dados são do índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos números oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Somente no mês de abril, o Pará registrou 260 mortes violentas, atrás apenas de São Paulo com 290 casos; de Pernambuco, com 309; do Rio de Janeiro, registrando 368 mortes; e da Bahia com 442.

Pará registra 260 mortes violentas no mês de abril de 2019, de acordo com levantamento do G1. — Foto: Reprodução Pará registra 260 mortes violentas no mês de abril de 2019, de acordo com levantamento do G1. — Foto: Reprodução

Pará registra 260 mortes violentas no mês de abril de 2019, de acordo com levantamento do G1. — Foto: Reprodução

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

  • PÁGINA ESPECIAL: Mapa mostra mortes violentas no país
  • METODOLOGIA: Monitor da Violência

Os dados apontam que:

  • Houve 382 mortes a menos no 1º quadrimestre de 2019
  • Todos os meses de janeiro a abril tiveram redução de assassinatos, comparados com o mesmo período de 2018
  • Mesmo com a redução em números absolutos, em abril de 2019 o número de casos foi maior que o registrado em março, mês em que os assassinatos também foram maiores que os registrados em fevereiro.

Todos os estados registram redução no número de mortes violentas — Foto: Gabriela Caesar/G1 Todos os estados registram redução no número de mortes violentas — Foto: Gabriela Caesar/G1

Todos os estados registram redução no número de mortes violentas — Foto: Gabriela Caesar/G1

 

 

PUBLICIDADE

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE