Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Judocas sorrisenses conquistam 17 medalhas em competições na Argentina e Paraguai

 
Dezessete novas medalhas na bagagem. É esse o resultado conquistado pelos judocas sorrisenses Eduardo Nogueira, Karolaine Aguiar, Alex Vítor Nunes e Emanuelly Pereira que representaram o município em duas competições internacionais: o Open de Judô na Argentina e a I Copa Internacional de Judô, no Paraguai.

No Open, realizado em Formosa nos dias 7 e 8 de junho, Eduardo conquistou o ouro na categoria Kadett e também o prêmio de atleta mais técnico da competição na mesma categoria. Alex Vítor, Emanuelly e Karolaine conquistaram a prata no Adulto. Ainda no Open, Alex Vítor também conquistou o bronze na categoria Kadett.

Já em terras paraguaias, na I Copa Internacional de Judô realizada em Assunção ontem (09), os sorrisenses conquistaram mais doze medalhas. Eduardo subiu ao pódio para receber o ouro na categoria Kadett e bronze nas categorias Adulto e Sub-21. Karolaine volta de Assunção com o ouro no Sub-21 e no Adulto. Alex Vítor volta com quatro medalhas, o “Mano”, como é conhecido pelos irmãos do tatame, é ouro no Dangay, prata no Sub-18 e bronze no Adulto e no Sub-21. E a Emanuelly traz na mala três pratas: no Sub-18, Sub-21 e no Adulto.

Além do destaque dos atletas, o sensei Fábio Nogueira, que é o professor e treinador dos sorrisenses, também participou das duas competições internacionais como árbitro. Nogueira é arbitro cadastrado pela Federação Internacional de Judô.

“Vibramos muito com esses resultados. Essas medalhas são fruto de muito trabalho e empenho de cada um e também das famílias que os incentivam. Todos eles são adolescentes, muito jovens e já competem na categoria Adulto e conquistaram ótimos resultados”, ressalta o professor. “Fico muito feliz em ver que o judô é uma ferramenta que alimenta e incentiva esses jovens a acreditar em seus próprios sonhos”, comemora Nogueira.

O secretário de Esporte e Lazer, Júnior Brandão, também comemora a conquista dos sorrisenses. “Nossos atletas tem sido destaque em várias competições e em várias modalidades em muitos eventos. Fico muito feliz em ver nossos adolescentes conquistando o pódio pela América Latina e desejo que essa cena continue se repetindo”, destaca.

Todos os atletas que competiram na Argentina e no Paraguai são atletas das escolinhas municipais de judô e da Associação Cerejeira de Judô. Hoje cerca de 550 crianças e adolescentes integram as escolinhas municipais de judô. As escolinhas funcionam no Lions Club, na AABB Comunidade, Escolas Ivete e Leôncio, Ginásio Flor do Cerrado, Mãezinha do Céu e na Associação Cerejeira em horários diferenciados. Quem deseja se inscrever nas escolinhas, é só procurar a Secretaria de Esporte e Lazer no horário das 7 horas às 13 horas.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE