Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Jonas Brothers continuam com disney rock divertidinho no 1º álbum em 10 anos; G1 Ouviu

Grupo de irmãos se reinventa como um Maroon 5 mirim com três sub-Shawn Mendes. Disco poderia rechear playlists de pelo menos 10 gêneros diferentes no Spotify e YouTube.

 
 -   /
/ /

"Happiness Begins", quinto álbum de estúdio dos Jonas Brothers, sai quase 10 anos depois do último lançamento do trio de irmãos. Mas quem esperar algo diferente do Disney rock divertidinho da era anterior da banda vai quebrar a cara.

Os Jonas continuam fazendo o que sabem: canções para menininhas suspirarem, menininhos dançarem timidamente; ou vice-versa.

A banda se reinventa como um Maroon 5 mirim com três sub-Shawn Mendes. "Every single time" faz pensar que o mundo talvez não precise de mais uma banda pensando que o reggae começou com "Rude", do MAGIC. Mas talvez esteja sendo rude.

Muitas vezes, eles parecem mirar no hit "Cake By The Ocean" (do DNCE, banda de Joe Jonas), mas passam meio longe.

Acertam em truques de composição e arranjo já ouvidos com James Bay e Bryan Adams ("Hesitate", "Love Her"); Avicii e Chainsmokers ("Rollercoaster"); ou Taylor Swift ("I Believe"). Todas são divertidinhas, trazem uma sensação de paz, de já se ter ouvido aquilo antes. E melhor.

O novo disco do grupo americano também tem:

  • Músicas que chupam de tudo quanto é gênero que toca na rádio Disney e poderiam rechear playlists de pelo menos 10 gêneros diferentes no Spotify e YouTube
  • Baladas melosas dando destaque a Nick Jonas, o mais talentoso e um Paul McCartney mirim (desculpem, beatlemaníacos)
  • A presença de três dos produtores mais requisitados por Taylor Swift. Greg Kurstin, Shellback e Ryan Tedder tentam atualizar o som do trio
  • Letras sobre relacionamentos e a vida pós-fama, com metáforas sobre retornar, montanha-russa da vida, ser ou não ser cool, encontrar alegria na tristeza

Jonas Brothers copiaram Portugal the Man, que copiaram Marvelettes?

Jonas Brothers copiaram Portugal the Man, que copiaram Marvelettes?

Em "Cool", você poderá notar algo do R&B no estilo "Hallo" de Beyoncé diluído até o último fio de cabelo bem aparado. Vocais picotados e arranjo com aquela cadência de sempre são uma cortesia de Tedder, um dos autores do clássico da cantora.

Se já havia tomado conhecimento da história contada no vídeo acima, vai se divertir de novo com a cara de pau de "Sucker". A boa canção copia uma boa canção que copiou outra boa canção. É indie pop eletrônico dançante tipo Portugal the Man para se ouvir em um Lollapalooza da vida.

O álbum vem acompanhado do lançamento do documentário "Chasing Happiness", disponível na Amazon Prime. Além de falar dos seis anos em que ficaram separados, o grupo fez duas revelações: foi Nick quem pediu uma pausa; e "Lovebug", de 2008, foi escrita para Miley Cyrus.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE