Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Estudantes têm que andar 4 km a pé para ir à escola em MT por causa de ponte danificada

 
Os estudantes do Centro Municipal de Ensino Marechal Cândido Rondon, no Assentamento Antônio Conselheiro Agrovila, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, precisam percorrer 4 km a pé para pegar o ônibus e ir à escola, porque a ponte que liga a Agrovila 17 a MT-339, onde fica a escola, está com a estrutura comprometida e corre o risco de cair.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que a manutenção do trecho entre o entroncamento do município até o Assentamento Antônio Conselheiro é de responsabilidade da prefeitura e que os reparos devem ser feitos com recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), destinado aos municípios pelo governo.

Os estudantes do Centro Municipal de Ensino Marechal Cândido Rondon, no Assentamento Antônio Conselheiro Agrovila, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, precisam percorrer 4 km a pé para pegar o ônibus e ir à escola, porque a ponte que liga a Agrovila 17 a MT-339, onde fica a escola, está com a estrutura comprometida e corre o risco de cair.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que a manutenção do trecho entre o entroncamento do município até o Assentamento Antônio Conselheiro é de responsabilidade da prefeitura e que os reparos devem ser feitos com recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), destinado aos municípios pelo governo.


G1MT

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE