Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

USP

Estudo testa eficácia de produtos no tratamento de doenças gengivais

Voluntários que participarem de pesquisa da USP, em São Paulo, passarão por avaliação clínica e tratamento

 
A disciplina de Periodontia da Faculdade de Odontologia da USP, em São Paulo, está recrutando voluntários para um estudo sobre a eficácia de produtos de higiene oral no tratamento de doenças gengivais. Ao todo, estão disponibilizadas 90 vagas a serem preenchidas por interessados.

Foto: Wikimedia Commons-CC
Estarão aptos a participarem: homens e mulheres com doença gengival (gengivas com sangramento ou vermelhidão e perda óssea), idade entre 18 e 65 anos, boa saúde geral, um mínimo de 10 dentes, não fumantes, mulheres que não estejam grávidas nem amamentando, e pessoas que não estejam participando de outros estudos.

Por se tratar de um projeto de pesquisa, os interessados que se enquadrarem nesses pré-requisitos passarão por avaliação clínica para verificar se estão dentro dos critérios de inclusão e exclusão do projeto. Após um mês, o tratamento seguirá por aproximadamente 12 meses com um mínimo de oito idas à Faculdade de Odontologia nesse período.

Os pacientes selecionados receberão gratuitamente tratamento da doença gengival e produtos de higiene oral. Interessados devem enviar informações – nome completo, data de nascimento, telefones de contato e lista de medicamentos que toma regularmente (caso tome) – para o e-mail: uspgengiva@gmail.com.

A responsável pelo estudo é a professora Cristina Cunha Villar, da disciplina de Periodontia do Departamento de Estomatologia. O projeto é aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, parecer número 3.179.915.

jQuery(document).ready(function($) { $.post('https://jornal.usp.br/wp-admin/admin-ajax.php', {action: 'wpt_view_count', id: '245789'}); });

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE