Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

IML libera corpo de sargento da PM morto a tiros no distrito de Outeiro, em Belém

O velório de Josivaldo Andrade da Silva ocorre em uma igreja do distrito. O enterro está previsto para quinta-feira 16 em um cemitério particular em Marituba.

 

O Instituto Médico Legal (IML) liberou na manhã desta quarta-feira (15) o corpo do sargento da Polícia Militar Josivaldo Andrade da Silva, morto a tiros enquanto chegava em casa, no distrito de Outeiro, em Belém. Segundo a família da vítima, o velório de Josivaldo ocorre em uma igreja do distrito. O enterro está previsto para quinta-feira (16) em um cemitério particular de Marituba.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 22h30 da última terça-feira (14). Testemunhas afirmam que o sargento estava voltando para casa, quando foi abordado por três homens. Os suspeitos dispararam oito tiros contra Josivaldo. Segundo a perícia, quatro disparos atingiram a cabeça da vítima. O policial chegou a ser levado para a unidade de saúde de Outeiro, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup), esse foi a 17ª morte de policial militar registrada neste ano. Isso representa quase 40% do total de mortes de PMs registradas ano passado, que contabilizou 44 homicídios.

Ainda de acordo com a Segup, as investigações para apurar as mortes estão sob a responsabilidade da delegacia de homicídios de agentes públicos, da Polícia Civil. Entre os 17 casos registrados, 13 estão com autoria presa, morta ou identificada, com mandado de prisão decretado, e quatro ainda estão em apuração

Além disso, a Segup discute um projeto para construção de conjuntos habitacionais para agentes de segurança pública, A secretaria informou que o Governo do Estado está viabilizando a melhor forma para aquisição dos imóveis com instituições financeiras, como a Caixa Econômica e o Banpará.

 

 

PUBLICIDADE

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE