Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Polícia Civil prende 6 integrantes de grupo criminoso atuante com tráfico em Rondonópolis

 
 -   /
/ /
Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na segunda-feira (13.05), através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao Sul), deu cumprimento a seis mandados de prisão preventiva contra um grupo criminoso envolvido com o tráfico de drogas no município.

Na ação, também foram cumpridos ordens de busca e apreensão domiciliar que resultaram na apreensão de porções de entorpecentes.

Entre os presos estão, Bruno Henrique da Silva Garcia, Sued Rômulo Bezerra Garcia, Emerson Pereira, Ramom Santos Santana, Angelica Jesus Brito, Karolayne Salina Garcia. As ordens judiciais contra os suspeitos foram expedidas pela 5ª Vara Criminal de Rondonópolis com base em investigações da Derf.

Os presos fazem parte de um grupo criminoso, atuante com comércio de entorpecentes no município, identificado em investigações da Derf Rondonópolis iniciadas há cerca de três meses, após a prisão de outro traficante. Com base nos levantamentos foi possível identificar as ramificações da associação criminosa, sendo o suspeito Emerson identificado como líder do grupo.

Durante as diligências, Emerson foi localizado em um bar no bairro Jardim Sumaré, onde teve o mandado de prisão cumprido. Os policiais seguiram até a casa do suspeito, onde foram cumpridas buscas, porém nenhum material ilícito foi encontrado no local.

Em outro alvo, no bairro Chácara Alegria, os policiais cercaram a residência de Ramon, uma vez que tinham conhecimento que ele sempre tentava fugir. Ao perceber a presença das viaturas, o suspeito correu em direção ao muro, porém foi detido pelos investigadores. Em buscas no imóvel, os policiais encontraram no banheiro uma porção de maconha e outra menor de cocaína escondida em um buraco na parede da sala.

Em continuidade as diligências, os policiais cumpriram os mandados de prisão contra as suspeitas Angélica e Karolayne, em suas residências nos bairros Jardim Ipiranga e Vila Cardoso respectivamente. Os outros dois presos, Bruno e Sued, já estavam presos por crimes anteriores e tiveram as ordens de prisão cumpridas dentro do presídio.


Da assessoria


Quer comprar um apartamento num dos centros de Goiânia?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE