Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Gincana do Hiperdia no PSF VIII reúne cerca de 50 participantes

 
 -   /
/ /

Cerca de 50 pessoas de diversas idades participaram nesta terça-feira (30) de uma gincana no PSF VIII, do bairro Bandeirantes. O objetivo do evento foi desenvolver atividades com foco na prevenção de doenças, como hipertensão e diabetes.

Conforme a enfermeira Glaucia Accordi, a unidade de saúde tem uma programação mensal especial para a educação em saúde, e neste mês é lembrado o Dia Internacional de Combate a Hipertensão. “Toda a equipe se empenhou para realizar a gincana, contamos com a ajuda do Programa Cidade Viva e da comunidade trazendo brincadeiras que promovem atividade física e informação. Esse trabalho é um diferencial na hora da adesão dos usuários aos programas e fazemos isso sempre pensando em melhorar a qualidade de vida da nossa população. Essas ações fazem diferença na vida dos participantes, temos vários pacientes que já reduziram medicação, que mantêm um controle maior da hipertensão e diabetes, faz muito bem para todos”.

Durante a tarde foram realizadas diversas atividades, como corrida do ovo, dança das cadeiras, bola ao túnel e torta na cara, todas elas relacionadas à ações para ressaltar e orientar quanto à qualidade de vida, nutrição, coordenação motora, exercícios físicos, entre outros. Além disso, os participantes também tiveram momentos de orientação, lanche e sorteio de brindes.

A secretária do lar, Luciene Gomes de Almeida, esteve presente na gincana e destacou que “é bom participar das coisas que tem no posto de saúde da gente, é muito divertido, é bom pra saúde porque explica mais como cuidar da alimentação e das atividades do dia a dia”.

A dona de casa Dinorá Bigaton, que já participa das atividades do PSF há algum tempo, aproveita para orientar a população. “Eu me sinto bem aqui, a professora ensina vários exercícios para nós, gosto muito de participar, a nossa agente de saúde é bem legal e incentiva pra gente participar. Para quem ainda não participa quero dizer que é pra vir e participar porque é muito bom”.

De acordo com a enfermeira Eliane Assunção, a gincana desta terça-feira e algumas ações do PSF tem como base o Programa Hiperdia, do Ministério da Saúde. Ela ressalta que diabetes e hipertensão são consideradas doenças crônicas, que não tem cura, mas com o trabalho de educação em saúde e o acompanhamento é possível evitar complicações das doenças. “Cada indivíduo precisa ser tratado de maneira diferente, cada um tem seu tratamento e medicamento, e trabalhando esse acompanhamento pela unidade saúde, com o paciente comparecendo às consultas e atividades em grupo, ele pode levar uma vida de maneira saudável mesmo com essas doenças. A nossa proposta é promover a educação em saúde para que este paciente tenha melhor qualidade de vida”.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE