Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

'''Lugar de mulher é onde ela quiser''', diz coronel André Carlos na despedida da comandante do 35º BPM

Cintia Raquel foi a única mulher do Estado do Pará a comandar um batalhão da Polícia Militar. Ela entra para reserva remunerada.

 
 -   /
/ /

A única mulher do Estado do Pará a comandar um batalhão da Polícia Militar, a tel cel Cintia Raquel se despediu das atividades militares nesta terça-feira (16) em Santarém, oeste do Pará. A cerimônia de troca de comando foi realizada no auditório do IFPA. O comandante do CPR-1, coronel André Carlos agradeceu os serviços da militar com a afirmativa: ‘Lugar de mulher é onde ela quiser”.

Cintia Raquel foi a primeira comandante do 35º Batalhão de Polícia Militar, recém-criado, atendendo as demandas de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos. A unidade passa a ser comandada agora pelo tenente coronel Wagner Melo.

Cerimônia de troca de comando foi presidida pelo coronel André Carlos — Foto: Dominique Cavaleiro/G1 Cerimônia de troca de comando foi presidida pelo coronel André Carlos — Foto: Dominique Cavaleiro/G1

Cerimônia de troca de comando foi presidida pelo coronel André Carlos — Foto: Dominique Cavaleiro/G1

Ao G1, a tenente coronel Cintia Raquel avaliou como positivo os trabalhos realizados no primeiro ano do 35º BPM. Agradeceu também a colaboração da sociedade.

“Apesar das dificuldades que nós temos, nós conseguimos demonstrar à sociedade os serviços, viemos para somar junto com o 3º BPM, intensificar ainda mais o policiamento em Santarém, Belterra e Mojuí, então foi muito positivo”, contou Cintia.

A tenente coronel também falou sobre o protagonismo feminino no primeiro ano do batalhão, sendo comandado por uma mulher. Cintia Raquel destacou o comando como “cereja do bolo” para o encerramento das atividades militares, já que ela agora vai aproveitar a reserva remunerada.

“Foi mais uma felicidade, quando o coronel Tomaso me convidou para este desafio para assumir o comando de uma unidade nova. A sociedade, assim como todo o batalhão, nos ajudou muito. Ser a única mulher do Estado a comandar uma unidade operacional, é uma felicidade, uma honra”, contou.

Na cerimônia de troca de comando, Cintia Raquel também recebeu homenagens dos colegas, assim como da tropa feminina do 35º BPM.

Novo comandante

O 35º BPM será comandado agora pelo tenente coronel Wagner Melo. O militar que já tem 25 anos de atividades militares estava atuando em Altamira, mas em seu currículo acumula passagens pela academia de polícia em Belém, assim como corregedoria e demais atividades.

Ao G1 o tenente coronel Wagner Melo disse que coletou algumas informações sobre a região e percebeu que a sociedade é parceira da Polícia Militar, colaborando com informações, assim como os demais órgãos de segurança.

O novo comandante agradeceu o convite para a nova missão e disse que a sociedade pode contar com os serviços do 35º BPM.

“Recebemos o bom convite através para nos confiar esta missão. A expectativa é muito boa, temos uma tropa aguerrida. Percebi pelas estatísticas que em relação à outras cidades a criminalidade é bem reduzida e eu só quero agradecer a Cintia que está me passando um comando enxuto e dizer à sociedade que pode contar com a força da Polícia Militar”, contou Wagner.

Cerimônia

Cerimônia de troca de comando do 35º BPM — Foto: Dominique Cavaleiro/G1 Cerimônia de troca de comando do 35º BPM — Foto: Dominique Cavaleiro/G1

Cerimônia de troca de comando do 35º BPM — Foto: Dominique Cavaleiro/G1

Participaram da cerimônia de troca de comando personalidades civis, além de representantes dos principais órgãos de segurança, representantes do Poder Legislativo e policiais militares do 35º BPM, 3º BPM, Grupamento Tático Operacional (GTO) e a banda da Polícia Militar.


Quer comprar um apartamento num dos centros de Goiânia?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE