Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Queda de árvore danifica sepulturas e túmulos em cemitério de Belém

Duas semanas após a queda, galhos da árvore continuam sobre os túmulos e os danos causados pelo tombamento da mangueira deixam caixões e sacos com ossos avista de quem passa pelo local. Familiares já não sabem onde estão restos mortais de seus parent

 

A queda de uma árvore no Cemitério de Santa Isabel, em Belém, destruiu túmulos e jazidos. Duas semanas depois, os restos da mangueira ainda continuam no local e impredem que parentes consigam visitar o túmulo de seus familiares. Prefeitura diz que escombros estão sendo retirados paulatinamente.

"Quando cheguei, levei um susto. Não sei nem onde a sepultura da minha mãe se encontra. Deve estar no meio desses galhos", conta Luiz Nunes que pretendia visitar o túmulo da mãe, mas não sabe mais onde ele fica.

No local, os galhos da árvore continuam sobre os túmulos e os danos causados pela queda da mangueira deixam caixões e sacos com ossos avista de quem passa pelo local.

Em nota, a Prefeitura da Belém informou que a árvores está sendo remivida gradativamente pelas Secretarias de Saneamento e de Meio Ambiente. Após a conclusão deste serviço, a Secretaria de Urbanismo vai fazer o levantamento das sepulturas danificadas e começar o trabalho de recuperação estrutura dos túmulos.

A nota afirma ainda que trabalhos de manutenção no cemitério devem ser reforçados nas próximas semanas por causa do feriado do Dia das Mães.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE