Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ministério Público denuncia oito pessoas ligadas à Banda Sinfônica e ao Instituto Wilson Fonseca

O processo no âmbito das investigações da Perfuga corre em sigilo.

 
 -   /
/ /

Denúncia contra oito pessoas relacionadas à Banda Sinfônica e ao Instituto de Maestro Wilson Fonseca foi apresentada pela Promotoria de Justiça de Santarém, o oeste do Pará, a 2ª Vara Criminal, por crimes de extorsão e falsidade ideológica, no âmbito da operação “Perfuga”.

De acordo com a denúncia, os crimes teriam sido cometidos continuadamente. O processo nº 0003858-55.2019.0.14.0051 corre em sigilo.

O IMWF é alvo de investigações do Ministério Público desde o ano passado. Em 25 de outubro foi deflagrada a operação “Primeira Arte”, no âmbito da Perfuga, e na ocasião o diretor do Instituto, Agostinho Fonseca, o Tinho, e a equipe gestora, foram afastados dos cargos que ocupavam como medida cautelar.

As investigações apontaram que o recurso público municipal utilizado no pagamento da bolsa cultural foi devolvido por bolsistas, mediante coação psicológica, à equipe gestora do Instituto Maestro Wilson Fonseca.

De acordo com o MPPA, seis bolsistas contratados prela Semed e lotados no Instituto, devolviam integralmente ao IMWF o valor da bolsa cultural, de R$ 900. E diversos bolsistas, exceto os chefes de naipe, devolviam valores diferenciados. Além disso, terceiros não integrantes da Banda sinfônica e do Instituto receberam bolsa cultural.

Ao todo, 44 pessoas integravam a Banda Sinfônica, mas as investigações revelaram que 50 pessoas recebiam como bolsistas em razão da lista informada pelo Instituto à Prefeitura. Nessa relação, foram apontados instrumentos musicais que não eram utilizados pelos bolsistas, sendo constatado que pessoas inseridas na lista não eram músicos.

Em razão das irregularidades detectadas nas investigações, o MPPA também emitiu recomendação ao prefeito Nélio Aguiar e ao secretário municipal de Cultura, Luís Alberto Figueira (Pixica), para que o pagamento de bolsas ao Instituto Maestro Wilson Fonseca seja interrompido a partir do mês de abril.

FASES DA OPERAÇÃO PERFUGA

  • 'Perfuga'

  • 'O legado'

  • 'Farra dos Combustíveis I e II'

  • 'Antepassado'

  • 'Placitum'

  • 'Irmandade'

  • 'Ave de Rapina'

  • 'Carros Fantasmas'

  • 'Xeque-Mate'

  • 'Primeira Arte'

  • 'Propagare'

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE