Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Vacinação contra gripe em Lucas do Rio Verde vai iniciar no dia 17 de abril

As vacinas estarão disponíveis em todas as unidades de saúde, inclusive na área rural, para o público-alvo da campanha

 
 -   / FolhaMT
/ FolhaMT / FolhaMT

Começa no dia 17 de abril, em Lucas do Rio Verde, a Campanha de Vacinação contra a Influenza 2019. As vacinas estarão disponíveis em todas as unidades de saúde, inclusive na área rural, para o público-alvo da campanha.

De acordo com a supervisora da Vigilância em Saúde, Keli Paludo, nacionalmente a campanha terá início na quarta-feira (10), mas as doses ainda não chegaram ao município, dessa forma, em Lucas do Rio Verde, a vacinação inicia na próxima semana. “A partir do dia 17, o público-alvo da campanha pode procurar o PSF mais próximo de casa para receber a vacina. A vacinação segue até o dia 31 de maio. Também vamos agendar um "Dia D" da campanha em um sábado para facilitar o acesso das pessoas à vacina. A meta para o nosso município é imunizar 11.600 pessoas”.

A vacina está disponível para o público-alvo da campanha de vacinação, que são gestantes, puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos acima de 60 anos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais (diabetes, doenças cardíacas, respiratórias, portadores de HIV, entre outras), adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe.

“É importante frisar que as doses não vêm todas de uma única vez, mas sim, de forma fracionada durante as semanas da campanha, por isso, muitas vezes em algumas unidades as doses terminam mais rápido e temos que aguardar a chegada de mais vacinas para repor os estoques e retomar a vacinação. Com a campanha começando mais tarde no município esperamos que seja possível iniciar com mais doses”, explica Keli.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE