Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Importância da vacinação e cuidados com higiene são abordados na Semana da Saúde nas escolas

Atividades iniciaram na segunda-feira 8 e seguem até a sexta 12 . Na Escola Brigadeiro Eduardo Gomes, vacinação e higiene são os temas abordados.

 
 -   / - G1  / FolhaPA
/ - G1 / FolhaPA / - G1 / FolhaPA

A estudante do oitavo ano, Camila Correa Nunes, de 12 anos, se assustou quando o aparelho de aferir a pressão arterial apertou o braço direito. Foi a primeira vez que ela verificou a pressão, na manhã desta quarta-feira (10), durante ação da “Semana da Saúde na Escola”, na Escola Brigadeiro Eduardo Gomes, no bairro Aeroporto Velho, em Santarém, no oeste do Pará.

Passado o susto, a menina ainda quis saber o porquê da utilização daquele aparelho. Ouviu atentamente a explicação da acadêmica de enfermagem e aprovou a atividade, além de garantir que está tudo bem com ela com a pressão 10/7.

“Eu nunca tinha verificado a pressão, só a altura e o peso que eu costumava fazer. Ela me explicou que é para verificar a pressão arterial do nosso sangue, meu pai trabalha com saúde, mas eu nunca tinha perguntado para ele. Agora eu descobri. É bom porque a gente sabe como está”, explicou a aluna.

Camila e os outros estudantes do 3° ao 9° ano da Escola Brigadeiro Eduardo Gomes participaram das atividades do Programa “Saúde na Escola” nesta quarta, do Ministério da Saúde. Na instituição, serão realizadas a verificação de peso, altura e a aferição da pressão arterial dos alunos durante todo o dia. Além de palestras educativas sobre a importância da vacinação e higiene pessoal.

Profissionais do posto de saúde dos bairros Aeroporto Velho e Esperança, além de acadêmicos do curso de enfermagem de duas universidades locais visitam a escola, levando conhecimento aos estudantes.

Pela manhã, os alunos assistiram a palestras sobre vacinação — Foto: Gustavo Campos/G1 Pela manhã, os alunos assistiram a palestras sobre vacinação — Foto: Gustavo Campos/G1

Pela manhã, os alunos assistiram a palestras sobre vacinação — Foto: Gustavo Campos/G1

“É uma parceria entre a Saúde e a Educação. Somos bem aceitos, bem recebidos, os alunos colaboram. As ações estão sendo bem satisfatórias. Vamos desenvolver essas atividades em todas as escolas do bairro. Aqui no Aeroporto Velho, além da Brigadeiro, já fomos na Escola Terezinha de Jesus, vamos na Creche e na Delfina de Jesus Amorim”, explicou a enfermeira do posto de saúde do bairro Aeroporto Velho, Rosa Alvarenga, que coordena as ações na área.

Já o Heitor Correa Farias, 11 anos, foi escolhido para responder perguntas sobre a vacina contra o HPV. O aluno do sexto representou um grupo formado por colegas, durante a palestra ocorrida no refeitório da escola. Ele não fez feio e acertou a questão após ter prestado bastante atenção no que foi repassado.

“A gente não pode deixar de lado a questão das vacinas, se não a gente pode sofrer com as doenças, como sarampo, HPV, febre amarela. Eu já tomei todas essas vacinas”, afirmou o estudante.

Heitor Farias respondeu a perguntas sobre a vacina do HPV, durante a Semana da Saúde na Escola em Santarém — Foto: Gustavo Campos/G1 Heitor Farias respondeu a perguntas sobre a vacina do HPV, durante a Semana da Saúde na Escola em Santarém — Foto: Gustavo Campos/G1

Heitor Farias respondeu a perguntas sobre a vacina do HPV, durante a Semana da Saúde na Escola em Santarém — Foto: Gustavo Campos/G1

Para o diretor da instituição, o professor João Magalhães, ações como essa servem para que os alunos entendam a importância da prevenção às doenças e os cuidados com a saúde. Ele elogiou a dinâmica abordada durante as palestras e afirmou que as turmas se interessaram pelos assuntos.

“Primeiro, é a prevenção. Palestras, verificação do peso, altura, pressão. Para que quando chegar o período da vacina, eles já estejam conscientizados sobre a importância. A dinâmica que é apresentada está muito boa, isso atrai o aluno. Quando você faz tipo uma gincana, com perguntas e respostas, as turmas disputando, a gente percebe que eles ficam atentos”, concluiu.

Só na escola Brigadeiro Eduardo Gomes, 400 estudantes devem participar das ações, durante os períodos da manhã e tarde.

Estudantes tiveram o peso e a estatura verificados durante atividade — Foto: Gustavo Campos/G1 Estudantes tiveram o peso e a estatura verificados durante atividade — Foto: Gustavo Campos/G1

Estudantes tiveram o peso e a estatura verificados durante atividade — Foto: Gustavo Campos/G1

A Semana da Saúde na Escola, que é promovida pela coordenação municipal da Saúde da Criança e do Adolescente da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), começou na última segunda-feira (8) e segue com atividades nas instituições municipais até a sexta-feira (12).

Nesta quarta, além da Brigadeiro, as escolas Joaquim Cavalcante (bairro Santo André), Mário Imbiriba (Interventoria), Paulo Rodrigues dos Santos (Floresta) e Santo André também recebem a programação.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE