Economia

Economia

Fechar
PUBLICIDADE

Economia

Presidente da Embraer deixará cargo em 22 de abril, confirma empresa

 
A Embraer informou hoje (18), por meio de comunicado, que o atual presidente da companhia, Paulo Cesar de Souza e Silva, deixará o cargo no dia 22 de abril, quando termina seu mandato. De acordo com o documento, a empresa irá anunciar o sucessor até o encerramento das atividades do CEO.

“O futuro Presidente e CEO será anunciado até 22 de abril”, diz o comunicado.

Segundo a nota da Embraer, Paulo Cesar foi convidado para ser consultor sênior do Conselho de Administração da Companhia, com a incumbência de facilitar a integração do novo diretor presidente, bem como assessorar o Conselho de Administração até o fechamento da operação com a Boeing.

Embraer 190
Em comunicado, a Embraer informa que até 22 de abril será escolhido o novo presidente da empresa - Antonio Milena/Arquivo Abr
O comunicado é assinado por Nelson Krahenbuhl Salgado, vice-presidente executivo Financeiro e de Relações com Investidores.

O texto da Embraer foi publicado na página da B3.

Saiba mais

  • Acionistas da Embraer aprovam parceria com a Boeing
  • Embraer entregou 181 jatos executivos e comerciais em 2018
  • Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
Edição: Renata Giraldi Tags: Embraer Paulo César Souza e Silva presidente sucessor substituto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE