Economia

Economia

Fechar
PUBLICIDADE

Economia

Empresários do setor hoteleiro comemoram dispensa de vistos

 
O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) e do Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município (SindHotéis Rio), Alfredo Lopes, comemorou a decisão do governo federal de isentar de vistos de entrada no Brasil, os cidadãos americanos, australianos, canadenses e japoneses, conforme determina o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e publicado na edição de hoje (18) do Diário Oficial da União.

O dirigente espera um incremento em torno de 25% no número de visitantes, principalmente, de americanos, o que gera perspectivas de impacto em vários segmentos do setor.

“Não somente para a rede hoteleira, mas em toda a cadeia de serviços que orbitam em torno do setor de Turismo, como comércio, alimentação e transportes, entre tantos outros. É claro que esta ação precisa vir acompanhada de investimentos em promoção, mas já é um importante passo a ser comemorado”, destacou.

Alfredo Lopes ressaltou que o trade turístico brasileiro há três décadas pede a redução de barreiras nesse processo. "[Da forma como estava] engessa o turismo internacional e desvia esses potenciais turistas para outros países mais receptivos diplomaticamente.”

Segundo o presidente da ABIH-RJ,  esse mercado está deprimido há anos em decorrência das exigências. “Isso chega em uma hora muito boa, um momento em que o Brasil começa a ter uma relação mais profícua com os Estados Unidos, o que certamente irá ampliar não somente o fluxo de turistas de lazer, mas também em grande número de executivos”, disse.

 

Saiba mais

  • Brasil dispensa visto de entrada para Canadá, EUA, Japão e Austrália
Edição: Renata Giraldi Tags: Visto americanos australianos japoneses Canadenses empresários setor hoteleiro

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE