Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Internacional

BID aprova indicado de Guaidó para representar Venezuela no órgão

 
Com a decisão, o BID tornou-se a primeira instituição financeira internacional a reconhecer a presidência interina de Guaidó na Venezuela. A instituição financeira informou que a nomeação tem efeito imediato.

Em nota, o Ministério da Economia informou que o Brasil apoiou a indicação de Hausmann, que foi economista-chefe do BID entre 1994 e 2000. Antes de trabalhar no BID, ele foi ministro do Planejamento do segundo governo de Carlos Andrés Pérez, em 1992 e 1993.

Nos últimos anos, Hausmann era diretor do Centro para o Desenvolvimento Internacional e professor de Economia do Desenvolvimento na Escola de Governo John F. Kennedy da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Fundado em 1959 e com sede em Washington, o BID financia projetos de desenvolvimento econômico e social (como infraestrutura e modernização de gestão) em países da América Latina e do Caribe. Atualmente, o banco multilateral é presidido pelo colombiano Luis Alberto Moreno.

Edição: Nádia Franco Tags: BID representante da Venezuela aprovação Juan Guaidó

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE