Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Policial Militar reformado é preso no trânsito de Santarém com sinais de embriaguez

Joselito de Oliveira Pantoja alega tomar remédio controlado e nega ter conduzido a motocicleta. Ele teve a fiança arbitrada em dois salários mínimos.

 

Na noite de quarta-feira (13), Joselito de Oliveira Pantoja, sargento reformado da Polícia Militar, foi abordado pela PM conduzindo uma moto com sinais de embriaguez, no bairro Maracanã, em Santarém, no oeste do Pará.

Ele foi encontrado na Travessa Mogno, esquina com a Rua Angelim, e estava cambaleante, com olhos vermelhos e comportamento alterado. Depois da abordagem, ele chegou a ofender os policiais, foi preso e encaminhado à 16ª Seccional de Polícia Civil. A guarnição teve que colocar algemas nele por causa da atitude hostil.

Joselito de Oliveira Pantoja foi levado à Seccional de Polícia Civil de Santarém, após ser pego dirigindo com sinais de embriaguez — Foto: Gustavo Campos/G1 Joselito de Oliveira Pantoja foi levado à Seccional de Polícia Civil de Santarém, após ser pego dirigindo com sinais de embriaguez — Foto: Gustavo Campos/G1

Joselito de Oliveira Pantoja foi levado à Seccional de Polícia Civil de Santarém, após ser pego dirigindo com sinais de embriaguez — Foto: Gustavo Campos/G1

Pantoja passou por um teste para identificar se ele havia ingerido ou não bebida alcoólica. A PC aguarda o resultado do exame. O policial reformado teve a fiança arbitrada em dois salários mínimos.

Sem gravar entrevista, o sargento alegou ao G1 que não estava sob o efeito de álcool, mas sim de remédios controlados que toma em função de uma diabetes. Joselito também afirmou que a moto era conduzida por um amigo, que fugiu após a abordagem policial, e não por ele.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE