Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Chris Pratt responde críticas por frequentar igreja considerada anti-LGBT: '''Todos têm direito de amar'''

Atriz Ellen Page foi uma das que questionou o intérprete do Senhor das Estrelas enquanto ele era entrevistado no programa do Stephen Colbert.

 

Chris Pratt usou seu Instagram para responder as críticas que recebeu por frequentar uma igreja considerada anti-LGBT. Na última semana, o ator esteve no programa do Stephen Colbert para divulgar o longa “Uma Aventura Lego 2” e falou sobre seu lado religioso.

A atriz Ellen Page foi uma das que criticou o ator com um post no Twitter, replicando a entrevista e comentando: “Ok. Mas a igreja dele é vergonhosamente anti-LGBT, então talvez ele se refira a isso também?”.

Ela também escreveu: “Se você é um ator famoso e pertence a uma organização que odeia um determinado grupo de pessoas, não se surpreenda se alguém simplesmente se perguntar por que isso não foi citado. Ser anti-LGBTQ é errado, não há dois lados. O dano causado é grave. Ponto final. Enviando amor a todos”.

No Stories do Instagram, o ator fez um longo texto, afirmando que “nenhuma igreja define minha vida” e citando todo o apoio recebido em sua comunidade durante o divórcio. Em 2017, o ator de Anna Faris oficializaram a separação.

"Recentemente, foi sugerido que pertenço a uma igreja que 'odeia certos grupos de pessoas'. Nada poderia ser tão distante da verdade. Eu vou a uma igreja que abre suas portas para absolutamente todo mundo”, iniciou o intérprete do Senhor das Estrelas em Guardiões da Galáxias.

“Apesar do que a Bíblia diz sobre o divórcio, minha comunidade da igreja me apoiou a cada passo, nunca julgando, apenas graciosamente me acompanhando na minha caminhada.

"Eles me ajudaram tremendamente, oferecendo amor e apoio. É o que eu tenho visto que eles fazem pelos outros em inúmeras ocasiões, independentemente da orientação sexual, raça ou sexo. Minha fé é importante para mim, mas nenhuma igreja me define ou define a minha vida, e eu não sou porta-voz de nenhuma igreja ou grupo de pessoas. Meus valores definem quem eu sou", seguiu o ator.

"Precisamos de menos ódio neste mundo, não mais. Eu sou um homem que acredita que todos têm o direito de amar o que quiserem livres de qualquer julgamento. Jesus disse: ‘Eu te dou um novo comando, ame um ao outro’. Isso é o que me guia na minha vida. Ele é um Deus de amor, aceitação e perdão. O ódio não tem lugar no meu ou neste mundo", concluiu Pratt.

Chris Pratt respnde críticas por frequentar igreja anti-LGBT — Foto: Reprodução/Instagram Chris Pratt respnde críticas por frequentar igreja anti-LGBT — Foto: Reprodução/Instagram

Chris Pratt respnde críticas por frequentar igreja anti-LGBT — Foto: Reprodução/Instagram

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE