Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Polícia cumpre prisão de autor de homicídio contra andarilho em Tangará da Serra

 
O autor do homicídio de um andarilho ocorrido em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar, na segunda-feira (04.01). Apontado como autor do crime, Miguel de Sousa Santos, foi identificado após ser flagrado com a arma do crime.

O crime ocorreu no início da manhã de sábado (02) quando o andarilho Wagner da Silva, 25, foi vítima de tentativa de homicídio praticado com arma branca (faca), nas imediações da rodoviária. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada para Unidade de Pronto Atendimento de Tangará da Serra, porém não resistiu aos ferimentos e morreu horas mais tarde.

As suspeitas contra Miguel foram levantadas após o acusado ser abordado por policiais militares, no domingo (03) no município de Nova Olímpia. Com ele, os policiais encontraram uma faca com manchas de sangue e ao ser questionado, o suspeito alegou ser sangue de peixe.

Estranhando a versão do acusado, os policiais militares entraram em contato com Polícia Civil de Nova Olímpia que comunicou a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Tangará da Serra. Imediatamente, a equipe da DHPP diligenciou até Nova Olímpia, conduzindo o suspeito até a delegacia. A arma foi enviada para perícia, a qual constatou que o sangue encontrado na faca era humano.

Diante das evidências, os policiais da DHPP realizaram diligências na região da rodoviária, onde encontraram testemunhas que relataram que no dia do crime, o suspeito discutiu com a vítima até o momento em que entraram em vias de fato, sendo a vítima ferida com dois golpes de faca.

Os investigadores também conseguiram imagens de câmeras de segurança, que mostram o suspeito correndo atrás da vítima e localizaram as roupas que o acusado usava no dia do crime. Com base nos levantamentos, o delegado João Romano, representou pela prisão preventiva do suspeito, a qual foi prontamente deferida pela Justiça de Sapezal.


Da Assessoria


 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE