Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Favorito ao Oscar, Alfonso Cuarón comemora indicação por '''Roma''': '''Diversidade é celebrada'''

Vencedor do Oscar de diretor por Gravidade , mexicano foi indicado em quatro categorias. Roma bateu recorde de filme estrangeiro com mais indicações, 10 ao todo.

 

Alfonso Cuarón, o grande protagonista individual da 91ª edição do Oscar, recebeu quatro indicações das dez obtidas por seu filme "Roma". "Roma" se tornou hoje a primeira obra em espanhol que alcança a indicação na categoria principal do Oscar, a de melhor filme.

"A experiência humana é uma só e é muito gratificante que um filme em preto e branco sobre a vida no México esteja sendo celebrado ao redor do mundo. Estamos vivendo um grande momento do cinema, um momento no qual a diversidade é celebrada pelo público".

O filme é uma ode ao matriarcado no qual Cuarón se criou e uma carta de amor a Libo, sua babá, que na ficção ganha o nome de Cleo e é interpretada pela estreante Yalitza Aparicio.

Assista ao trailer de 'Roma

Assista ao trailer de 'Roma'

"Este tipo de visibilidade empurra nossa indústria para frente e cria oportunidades para que surjam novas vozes e perspectivas", ressaltou Cuarón.

  • LISTA COMPLETA dos indicados ao Oscar

"Trata-se, além disso, de um testemunho da demora com que estamos chegando a este momento, no qual as histórias dos invisíveis entre nós - as trabalhadoras do lar e as mulheres indígenas - são postas no centro das narrativas. Compartilho isto com o elenco, a equipe, os produtores e, mais importante que tudo, com minha família e o México".

Há cinco anos, Cuarón fez história ao ser o primeiro diretor latino a conquistar um Oscar, por "Gravidade", mas agora chegou ainda mais longe ao se transformar no primeiro a ser indicado a melhor filme estrangeiro e melhor filme por "Roma".

Cena do filme 'Roma' — Foto: Divulgação Cena do filme 'Roma' — Foto: Divulgação

Cena do filme 'Roma' — Foto: Divulgação

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE