Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Cirurgia plástica na Bolívia: é possível ter o corpo que deseja pagando pouco

Cresce o número de pessoas que procuram o país vizinho em busca de melhora estética

 

Já é cada vez mais comuns mulheres, e também uma fração de homens, atravessarem a fronteira entre o Brasil e Bolívia para se submeterem à cirurgias plásticas, estéticas ou corretivas, no segundo país, onde o custo é muito menor que no primeiro.

Depois do rompimento do estigma de país menos desenvolvido que o Brasil e condições médicas não tão satisfatórias, que foram aos poucos sendo desmentidas pelos próprios pacientes que voltam com descrições locais e resultados médicos bem sucedidos, cada dia mais e mais pessoas estão procurando se submeter à procedimentos com médicos bolivianos.

Marli Neves, instrutora e aplicadora de bronzeamento solar, após ver os resultados conseguidos por algumas de suas clientes e amigas resolveu ir a Santa Cruz de La Sierra, capital da Bolívia, para um procedimento de lipoescultura que a deixou tão satisfeita que no ano seguinte acabou realizando outro de implante de proteses mamárias.

"Medo a gente sempre tem, mas é o medo que a gente sentiria em qualquer procedimento médico, fosse aqui no Brasil, na Bolívia ou nos Estados Unidos. Mas eu não fui sem informação,
chegando constatei o que já esperava. Eu tenho visto mais problemas com supostos cirurgiões plásticos aqui no Brasil, como o Dr Bumbum, e de gente fazendo intervenções até mesmo em apartamentos e clínicas sem suporte mínimo do que vejo lá
." afirma Marli.

Foi isso que a levou a criar páginas e grupos em redes sociais e o site www.cirurgianabolivia.com.br onde passa informações para outras pessoas do que é necessário saber para ir àquele país, recomendações e cuidados necessários.

"Eu quero ajudar as pessoas que não estejam satisfeitas com seu corpo e que acreditam que não tenham condições financeiras para fazê-lo aqui que existem outras opções seguras", continua Marli.

Ela não cobra pelas informações, apenas orienta sobre documentações necessárias para entrar e sair do país, transportes seguros e baratos, clínicas responsáveis, exames e instruções pré-operatórias necessárias para que sejam fornecidas para avaliação dos médicos, por exemplo. Também tem informações sobre clínicas e sobre a cidade de Santa Cruz.

"As instalações da clínica onde fiz meus procedimentos são melhores dos que todas que já conheci no Brasil e com CTIs, o que é indispensável nesses casos, o que é comum não ter no Brasil, sem contar que a cidade é maravilhosa, a maioria das pessoas que vão a primeira vez para um procedimento sempre dizem que vão voltar apenas para turismo" encerra ela.


Marli Neves
66 99931-8338
https://www.facebook.com/cirurgianabolivia
www.cirurgianabolivia.com.br  

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE