Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Abandonado, pátio da Guarda de Belém acumula sucatas de veículos, reclamam moradores do Tapanã

Além das sucatas, o lugar contém muretas de contenção, abrigos de paradas de ônibus e mato.

 

O pátio da Guarda Municipal de Belém, no bairro do Tapanã, está abandonado pela prefeitura, segundo moradores. O lugar acumula sucatas de veículos velhos, muretas de contenção de ciclovias, abrigos de paradas de ônibus, e mato, que chega a invadir a casa vizinha. Um muro no pátio que estava quebrado há pelo menos um ano atrás também não foi reparado. Reveja a reportagem da TV Liberal há um ano atrás.

A moradora Nelza Cunha, que mora ao lado do pátio, disse tenta controlar o matagal por cima do muro. "A gente tenta tirar, coloca a escada e tira o que dá, mas o certo seria descer o muro e cortar pela raiz", disse. Outros moradores reclamam do aumento de mosquitos que podem proliferar doenças.

Em 2018, a prefeitura se comprometeu a doar as sucatas para entidades, mas a promessa não foi cumprida. Em nota, a gestão disse que já fez um levantamento das carcaças dos veículos sem impedimento legal ou em processo de penhora e que já tiveram os proprietários notificados para que a retirada dos carros, sob o risco de serem levados a leilão.

A prefeitura disse ainda que está localizando os juízes responsáveis pelos casos de veículos que não podem ir a leilão, para que sejam informados da necessidade da retirada das carcaças.

Sobre os abrigos de ônibus e grades do BRT, a prefeitura afirmou que são deixados no local após serem retirados por estarem danificados ou inutilizáveis, mas que quando possível o reaproveitamento são retirados da área.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE