Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Helder Barbalho diz que tem ação alternativa para a segurança caso a solicitação da Força Nacional seja negada

Governador quer recuperar para a tropa e para as ruas cerca de mil policiais militares que estão cedidos para órgãos públicos.

 

O governador Helder Barbalho disse durante entrevista ao Jornal Liberal 1ª Edição desta segunda-feira (7) que trabalha em uma ação alternativa para a segurança pública no Pará caso o seu pedido de reforço de 500 agentes da Força Nacional seja negado pelo ministro da Justiça Sérgio Moro. Com a solicitação em análise pelo Governo Federal, o governador espera colocar cerca de mil policiais militares nas ruas novamente.

Segundo Helder Barbalho, há um estudo junto com a Polícia Militar para que os profissionais da polícia que estão cedidos para outros órgãos, como o Ministério Público do Estado (MPPA), Tribunal de Justiça (TJPA), Tribunais de Contas e Assembleia Legislativa, possam retornar para a tropa.

“E, ao momento que, eu cedo o PM para um órgão, eu estou deixando de colocar um PM na rua para dar segurança à população. Esta é a primeira iniciativa para aumentar o efetivo da PM nas ruas”, completou Barbalho.

Governador Helder Barbalho reúne equipe no Palácio do Governo para oficializar solicitação da Forna Nacional no Pará. — Foto: Tayná Horiguchi / TV Liberal Governador Helder Barbalho reúne equipe no Palácio do Governo para oficializar solicitação da Forna Nacional no Pará. — Foto: Tayná Horiguchi / TV Liberal

Governador Helder Barbalho reúne equipe no Palácio do Governo para oficializar solicitação da Forna Nacional no Pará. — Foto: Tayná Horiguchi / TV Liberal

Segundo os números apresentados pelo governador, na primeira semana de 2019 houve redução de 80% nos furtos e 10% nos homicídios no Pará, contabilizando a chacina na Cabanagem, em relação ao mesmo período em 2018.

Para que os números continuam caindo ao logo do ano, o governo pretende otimizar a utilização dos veículos da Polícia Militar que estão direcionados para a administração da polícia, deslocando-os para as ruas.

“Lá no próximo sábado (11) estamos deslocando 20 veículos que estavam na atividade administrativa pela polícia para fazer ronda nas ruas da cidade, otimizando a melhor utilização dos veículos e das estruturas para efetivamente aproximar a polícia das ruas, dos bairros e dos cidadãos”, concluiu Helder.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE