Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Samu fica sem macas após emprestar equipamentos para o PS de VG que está superlotado

 

Pessoas que necessitaram de atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), precisaram buscar novas alternativas para chegar ao hospital, tudo isso se deve após o serviço ter emprestado as macas das ambulâncias para o Pronto Socorro de Várzea Grande.

Na unidade foram constatadas a presença de idosos em cadeiras de fio, em cadeiras que deveriam estar na recepção, e superlotação. Segundo a administração do hospital, nas últimas 12 horas 30 pessoas deram entrada na unidade vítimas de acidentes, sendo 15 em estado grave e os números criaram uma situação caótica no Pronto Socorro.


Da redação


 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE