Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

G1 Ouviu: Brian May espacial, Paul McCartney experimental e mais novidades da semana

Guitarrista do Queen faz homenagem a sonda da Nasa e Paul usa efeito de Auto-Tune na voz. Programa do G1 também mostra lançamentos do rapper Future e dos Backstreet Boys.

 

O G1 Ouviu, programa semanal com novidades musicais, destaca experimentos de veteranos do rock que aproveitaram o início de 2019 para viajar. ASSISTA ACIMA.

  • Ouça também a versão em podcast do G1 Ouviu.

Brian May, guitarrista do Queen, fez uma homenagem a um feito científico e Paul McCartney usou tecnologia para fazer uma balada saudosista-futurista.

Ainda tem pop familiar dos Backstreet Boys e rap fora da caixinha do Future.

Brian May - ‘New horizons (ultima thule mix)’

O guitarrista e astrofísico Brian May foi longe e gravou uma homenagem à sonda New Horizons. Na virada do ano, ela alcançou o objeto mais distante já explorado no espaço, a rocha Ultima Thule.

A música é o primeiro lançamento solo dele em 20 anos. O vocal é do próprio Brian May, mas mistura samples de voz do finado cientista Stephen Hawking. May e Hawking é o maior "feat" de rock espacial que você respeita.

Paul McCartney - 'Get Enough'

A faixa ficou de fora do disco “Egypt Station”, do ano passado. Tem o estilo direto do álbum, mas o que mais chama atenção é o uso do Auto-Tune, aquele recurso que deixa a voz robotizada.

O efeito começou sendo usado para corrigir a afinação de quem não sabia cantar e depois virou opção estética. Que é bem usada pelo Paul. Faz a música ficar mais emocionante e passar a mensagem sobre uma overdose de amor.

Future - 'Crushed up'

Mais íntimo do Auto-Tune, o rapper Future lança "Crushed up", até que discreta nos efeitos vocais para o padrão dele. Mas a música mostra bem o estilo do músico de Atlanta, o berço do trap - antes de o estilo virar modinha, ele já fazia música arrastada, balbuciada e cheia de efeitos. Essa tem o tema peculiar de relógios cravejados de diamantes.

Backstreet Boys - 'No Place'

De volta aos tiozinhos, essa é a terceira música já lançada do álbum “DNA”, que sai em 25 de janeiro - e a mais fraquinha até agora. Eles cantam que já estiveram em vários lugares lindos, mas preferem estar em suas mulheres. Tem vibe meio Ed Sheeran.

Se não fosse o revezamento de vozes típico das boy bands, ia ficar parecendo um lado b desses caras do que os críticos chamam de “boys next door”, coo Sheeran, George Ezra ou James Bay.


Quer comprar um apartamento num dos centros de Goiânia?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE