Política

Política

Fechar
PUBLICIDADE

Política

Temer defende multilateralismo para Brasil

 
O presidente Michel Temer afirmou hoje (17) que é impossível aplicar qualquer isolacionismo político ou econômico nos dias de hoje. Em discurso durante assinatura de autorização de novos leilões para exploração de petróleo, ele afirmou que “colocou o Brasil para o século 21” ao abrir o país para a iniciativa privada nacional e estrangeira.

“Quando digo que colocamos o Brasil no século 21, é porque abrimos o Brasil para a iniciativa privada, não só nacional, mas também internacional. No fenômeno da globalização, seria impossível qualquer isolacionismo de natureza política, econômica. E é por isso que nós temos falado ao longo do tempo do multilateralismo, a ideia da universalização das nossas relações em todos os campos. E isto tem dado resultado”, disse Temer em discurso.

O presidente da Republica, Michel Temer,  durante a cerimônia de assinatura de sete contratos de concessão do Pré sal.
O presidente Michel Temer durante a cerimônia de assinatura de sete contratos de concessão do pré-sal - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Na cerimônia, foram assinados três contratos da 4ª rodada e quatro contratos da 5ª rodada do pré-sal. As duas licitações somadas renderam cerca de R$ 10 bilhões em bônus de assinatura e R$ 1,74 milhão de compromissos em investimentos exploratórios mínimos.

O presidente destacou o desempenho do setor de petróleo e gás no crescimento nacional. “São setores estratégicos para o país. Quando ouço que estamos ombreando com países do Oriente Médio [na produção de petróleo] eu vejo o quanto o Brasil cresceu”, disse.

Saiba mais

  • Temer repassa R$ 225 milhões para intervenção em Roraima
  • Temer autoriza 6ª rodada de partilha do pré-sal
Edição: Carolina Pimentel Tags: Michel Temer pré-sal isolacionismo

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Quer comprar um apartamento num dos centros de Goiânia?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE