Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Secretaria da Pesca e Consórcio Portal do Araguaia concluem projeto para a implantação de frigorífico do peixe

 
Nove municípios do Médio Araguaia estão trabalhando em parceria para a implantação do projeto de integração da piscicultura com o objetivo de expandir a produção de peixes em grande escala e garantir a implantação de uma agroindústria (unidade de processamento de pescado) no Distrito Industrial de Barra do Garças.

O projeto foi elaborado pela Secretaria da Pesca e Aquicultura, Consórcio Portal do Araguaia em parceria com a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e protocolada no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Brasília, para análise do órgão.

Para a implantação do entreposto, a Secretaria conta com o auxílio do senador Wellington Fagundes para viabilizar a aprovação do projeto orçado em R$ 5 milhões de reais. O valor será destinado para a execução da estrutura física e aquisição de equipamentos frigoríficos, além de um trator de esteira, um pá carregadeira, caminhão e uma caminhonete.

“Quando nos referimos a piscicultura, não podemos nos restringir apenas a Barra do Garças. É preciso pensar como um todo, oferecendo a capacitação, assistência técnica e a instalação do frigorífico do peixe que irá atender os nove municípios. É um projeto grande que estamos trabalhando e buscando os recursos junto a bancada federal para que seja implantado”, disse o secretário de Pesca de Barra do Garças, Paulo Henrique Borges.

A implantação de um frigorifico de peixes na região de Barra do Garças é um antigo sonho de pescadores e pequenos produtores que ainda comercializam o pescado de forma artesanal nas feiras, comércio ou ainda de forma ambulante. Com o frigorifico a produção teria um destino adequado.

Para chegar a esse projeto, a Secretaria da Pesca e Consórcio Portal do Araguaia, sob à presidência do prefeito de General Carneiro, Marcelo Aquino, cumpriram uma série de etapas que envolveu a qualificação dos produtores, desenvolvimento das ações, produção e comercialização do pescado com a construção do entreposto (frigorífico) e a elaboração da planta física pela Coordenação Técnica de Projetos da AMM, sob Ana Catarina de Souza Silva.

O projeto integração da piscicultura já conta com a parceria da Empaer e buscará também o apoio do Sebrae para a realização de cursos de capacitação para mulheres residentes nos assentamentos rurais dos municípios que queiram investir no conhecimento da culinária com peixes.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE