Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Promotor diz que Energisa presta serviço de má qualidade e pede ressarcimento de R$1 milhão

 

Uma ação civil pública foi ingressada pelo Ministério Público Estadual (MPE), pedindo a condenação da Energisa Mato Grosso. Na ação consta a solicitação do ressarcimento do dano moral causado à coletividade no valor de R$ 1 milhão e mais dois R$2 mil por danos morais fixados.

A ação foi proposta após uma empresa do município de Contriguaçu ter um prejuízo de 10.000 kg de polpas de fruta, devido a uma interrupção de serviços de energia elétrica impedindo a conservação, através de uma câmara fria. O prejuízo equivale a R$ 120.000,00.


No documento consta ainda que a Energisa não atendeu aos limites anuais regulatórios para a maioria dos anos no período de 2014 a 2017.


 


Da redação


 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE