Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Ataque com faca deixa 1 morto e 2 feridos em Melbourne, na Austrália

Agressor foi morto pela polícia. Estado Islâmico reivindicou o ataque.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

Uma pessoa morreu e outras duas foram hospitalizadas nesta sexta-feira (9) depois que um homem as esfaqueou em uma movimentada rua da cidade de Melbourne, na Austrália. O suspeito foi baleado pela polícia, chegou a ser internado em estado grave e morreu no hospital.

As autoridades locais investigam o caso como terrorista. O Estado Islâmico reivindicou a ação pela agência Amaq, mas não apresentou provas do vínculo entre o suspeito e o grupo extremista.

De acordo com a polícia, por volta de 16h20 do horário local (3h20 de Brasília), o agressor - um homem alto de calça branca e túnica preta - estacionou um veículo rua Bourke, saiu dele e começou a esfaquear pessoas que estavam por perto.

Carro em chamas é visto perto do Bourke Street Mall, em Melbourne, Austrália, nesta sexta-feira (9). Imagem foi tirada do vídeo divulgado nas mídias sociais  — Foto: Will Mitchell/via Reuters Carro em chamas é visto perto do Bourke Street Mall, em Melbourne, Austrália, nesta sexta-feira (9). Imagem foi tirada do vídeo divulgado nas mídias sociais  — Foto: Will Mitchell/via Reuters

Carro em chamas é visto perto do Bourke Street Mall, em Melbourne, Austrália, nesta sexta-feira (9). Imagem foi tirada do vídeo divulgado nas mídias sociais — Foto: Will Mitchell/via Reuters

Uma testemunha ouvida pela rede australiana ABC disse que viu o agressor saindo do carro a atirando para dentro do veículo "alguma coisa parecida com uma bomba". O carro pegou fogo, e a polícia foi ao local.

Os policiais chegaram rapidamente, e o agressor tentou agredi-los. Os agentes reagiram e o atingiram com um disparo no peito.

Um dos feridos esfaqueados pelo agressor morreu no local e outros dois foram levados ao hospital.

Ataque em Melbourne — Foto: Juliane Monteiro/G1 Ataque em Melbourne — Foto: Juliane Monteiro/G1

Ataque em Melbourne — Foto: Juliane Monteiro/G1

O centro de Melbourne, capital do estado de Victoria, foi interditado pela polícia e dezenas de agentes patrulharam a região.

Terrorismo

Inicialmente, o porta-voz da polícia do estado de Victoria, David Clayton, afirmou que não tinham sido encontrados vínculos com o terrorismo, mas ressaltou que a investigação seguia aberta e nenhuma possibilidade estava descartada.

Mais tarde, o chefe da polícia de Victoria, Graham Ashton, afirmou que a unidade de contra-terrorismo está investigando o caso.

Carro usado por agressor em Melbourne, na Autrália, é isolado na rua Bourke — Foto: AAP/James Ross/via Reuters Carro usado por agressor em Melbourne, na Autrália, é isolado na rua Bourke — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

Carro usado por agressor em Melbourne, na Autrália, é isolado na rua Bourke — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

"Agora estamos tratando isso como um ato terrorista".

Segundo Ashton, o suspeito é conhecido da polícia. "Ele é conhecido pela polícia principalmente por causa de parentes que ele tem e certamente são pessoas de interesse", disse.

Ashton afirmou que o agressor tinha bombas de gás no veículo.

A Austrália está em alerta elevado desde 2015 para ataques terroristas.

Policial caminha perto do corpo de vítima de ataque no centro de Melbourne, na Austrália, nesta sexta-feira (9)  — Foto: AAP/James Ross/via Reuters Policial caminha perto do corpo de vítima de ataque no centro de Melbourne, na Austrália, nesta sexta-feira (9)  — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

Policial caminha perto do corpo de vítima de ataque no centro de Melbourne, na Austrália, nesta sexta-feira (9) — Foto: AAP/James Ross/via Reuters

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE