Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Turistas filmam táxi clandestino que os roubava e provocam investigação policial em Paris

Um vídeo divulgado na plataforma YouTube levou à abertura de uma investigação da polícia francesa sobre o exercício ilegal da profissão de taxista . As imagens mostram um casal de turistas tailandeses sendo roubados por um táxi clandestino na região pari

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

Um vídeo divulgado na plataforma YouTube levou à abertura de uma investigação da polícia francesa sobre o “exercício ilegal da profissão de taxista”. As imagens mostram um casal de turistas tailandeses sendo roubados por um táxi clandestino na região parisiense. A investigação, aberta nesta quinta-feira (8), foi confiada à “polícia dos taxistas”, conhecida na França como “Boers”.

O vídeo, que viralizou nas redes sociais, foi filmado nesta terça-feira (6) e postado no mesmo dia, segundo o jornal "Le Parisien".

A cena aconteceu nas ruas de Paris, dentro de um táxi que dizia trabalhar para uma rede de motoristas particulares (Chauffeurs privés), um aplicativo de carona muito utilizado na França. Contactada pelo Parisien, a empresa afirmou que o homem não fazia parte de seu quadro de funcionários.

O que as imagens mostram

No vídeo postado no YouTube, as imagens mostram um motorista agressivo, que exige o pagamento de € 247, por uma viagem do aeroporto internacional Charles de Gaulle até o centro de Paris. Normalmente, uma corrida como essa não ultrapassa os € 50.

O casal de tailandeses se recusa a pagar a soma exigida, o que provoca a fúria do motorista. “Táxi em Paris é muito caro! ”, grita o homem.

O casal pediu ao motorista que lhe mostrasse sua licença, antes de solicitar que os depusessem na frente de uma delegacia. Cada vez mais irritado, o motorista recusa que os passageiros desçam e começa a ameaçá-los. “Vocês não querem me pagar? Não tem problema. Esperem e verão”, gritou, continuando a dirigir.

“Pagamos € 200 euros para descer do taxi”

Entrevistada pelo "Le Parisien", uma das vítimas, Charkrid Thanhachartyothin, contou que “as portas estavam trancadas e todas as nossas malas estavam no bagageiro do táxi”. Segundo o tailandês, o motorista continuava a dirigir, fingindo que conversava com alguém “da sua equipe”, para “encontrar uma solução”. “Nós decidimos pagar € 200, para conseguirmos descer”, relata o passageiro.

Ainda chocados, Charkrid e sua namorada voltaram para a Tailândia, sem nem mesmo prestar queixa. No entanto, eles decidiram publicar o vídeo no YouTube para alertar outros tailandeses que decidissem viajar a Paris.

As imagens correram o mundo, e Charkrid agradeceu pelo Facebook, dizendo que “suas mensagens de empatia nos emocionaram. Agradecemos a gentileza de vocês”.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE