Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Homem é flagrado com motosserras utilizadas para extração de madeira ilegal em Juruti

O homem foi autuado em posse ilegal de cinco armas de fogo e três motosserras que foram utilizadas na manhã desta quinta-feira 01 .

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

A Polícia Civil de Juruti, no oeste do Pará, sob o comando do delegado Madson Castro, autuou em flagrante um homem por porte ilegal de arma de fogo, receptação dolosa e utilização de motosserra em florestas e demais vegetações, sem licença ou registro da autoridade competente.

As armas foram apreendidas durante uma missão de reintegração de posse em Juruti, sob comando do major Wilton Chaves (2° CIME) e do capitão Vanderley (28° CIPM), da Polícia Militar. O material estava dentro de um veículo cujo condutor estava em atitude suspeita. Com ele, foram apreendidas: uma espingarda cal 12, CBC; uma espingarda cal 32, Rossi; uma espingarda cal 20, Rossi; uma espingarda cal 20, Boito; um rifle cal 22, CBC; três motosserras stihl, e ainda a caminhonete Hylux.

Elizeu Oliveira de Noronha era o condutor da caminhonete. Das cindo armas de fogo, uma é produto de roubo, adquirida na cidade de Mojuí dos Campos. Os motosserras, segundo a polícia, haviam sido utilizados na manhã desta quinta (1) para extração de madeira.

O homem foi apresentado na delegacia pelo sargento Samuel Siqueira, do Grupamento Tático Operacional (GTO) de Santarém, e está à disposição da justiça.

Segundo o delegado Madson Castro, a soma da pena pelos crimes cometidos pode chegar a nove anos de reclusão.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE