Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Mais de 130 escapamentos de motos apreendidos por uso ilegal são destruídos em Juruti

As apreensões foram feitas pelo Demutranem em parceria com as polícias Civil e Militar.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Juruti, no oeste do Pará, realizou, na manhã desta quarta-feira (31), a destruição de pouco mais de 130 escapamentos irregulares de motocicletas, conhecidos como escapamentos "Kadron", que foram apreendidos durante operações na cidade.

As apreensões foram feitas em parceria com as polícias Civil e Militar. A destruição ocorreu no pátio da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

É comum em cidades do interior proprietários de motocicletas trocarem os escamentos de fábrica por outros mais barulhentos, o que incomoda a população e infringe a legislação que trata sobre a produção de ruídos.

As operações para retirar escapamentos irregulares de circulação continuarão sendo realizadas — Foto: Raul Moutinho/Divulgação As operações para retirar escapamentos irregulares de circulação continuarão sendo realizadas — Foto: Raul Moutinho/Divulgação

As operações para retirar escapamentos irregulares de circulação continuarão sendo realizadas — Foto: Raul Moutinho/Divulgação

Pelo Código Brasileiro de Trânsito no Art. 230, XI, é considerado infrator o condutor que circular com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante.

O Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) também proíbe a substituição de sistemas de escapamento por outros que ultrapassem os níveis de ruído originalmente obtidos e declarados pelo fabricante do veículo.

Segundo diretor do Demutran, Jameson Aráujo, operações de fiscalização continuarão sendo realizadas, em parceria com a PM e PC, para retirar de circulação os escapamentos que não estejam em conformidade com a lei.

*Colaborou Diego Rocha, de Juruti

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE