Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Barra do Garças será beneficiada com projeto de piscicultura “Aquamat na Estrada 2018”

 
Na tarde de quarta-feira (10/10) foi realizado na secretaria de Pesca uma reunião para tratar sobre o evento de piscicultura que será realizado pela Aquamat em Barra do Garças no dia 24 de novembro das 8 às 12hs.

O projeto “Aquamat na Estrada 2018” está percorrendo cidades polos do estado com o intuito de levar informações sobre a piscicultura. Barra do Garças que não estava prevista como cidade polo foi aderida ao programa por meio da Agrotec.

O vice-presidente da empresa MorumbiAgro e um dos organizadores da Agrotec Jhonatam Matos foi um dos responsáveis pela articulação da vinda do evento para o município.

 “ Barra do Garças não poderia deixar de ser contemplada, uma vez que possui uma Secretaria de Pesca que prima pelo piscicultor, dois Rios importantes e um abatedor. Quando ficamos sabendo do projeto entramos em contato com a Aquamat que logo mostrou-se interessada em trazer o projeto para nossa cidade. Com isso, acreditamos que a vinda da Aquamat na estrada irá beneficiar a região com emprego e renda”, disse.

Paulo Henrique, secretario de Pesca e Aquicultura, afirmou que o projeto irá enriquecer a informação da piscicultura em nossa região, além de proporcionar um ânimo aos produtores que estão sempre em busca de incentivo e novas informações. 

“Já foi feita em Barra do Garças outro círculo de palestra e deu muito certo, a vinda do projeto vai somar para o fortalecimento da piscicultura local e regional, pois irá abranger Barra do Garças e cidades vizinhas”, concluiu.  

Eduardo Barone, presidente da empresa MorumbiAgro salientou que o projeto abre as portas para a diversificação de pequenos produtores do município e região, que poderão aumentar sua renda com a criação de peixes. Outro fato importante é a qualificação que os produtores irão receber aqui no município, sem precisarem sair para fora”, afirmou.

A representante do Consorcio Portal do Araguaia Cristina Moraes falou da importância de eventos como este para o município e cidades circunvizinhas.

 “Proporcionar conhecimento aos produtores da região é uma forma de incentivar e fortalecer a piscicultura, todos ganhamos com comparecerias como esta, pois se a região produz seu próprio pescado, não há motivo de trazê-los de fora”, disse.  

O projeto que teve início em 22 de setembro em Rondonópolis ainda irá percorrer pelos municípios de Barra do Garças, Alta Floresta, Tangará da Serra, Sorriso e São Felix do Araguaia. Em Barra do Garças o evento conta com a parceria da Secretaria de Pesca e Aquicultura, Consorcio Portal do Araguaia e a empresa Agrotec.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE