Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Helicóptero militar pega fogo em pouso de emergência no Afeganistão; há mortos

Porta-voz dos talibãs diz que militantes derrubaram a aeronave.

 

Um helicóptero militar afegão que transportava armas e munição pegou fogo durante um "pouso de emergência" no oeste do Afeganistão, matando pelo menos quatro pessoas, incluindo o piloto, anunciaram as autoridades neste sábado (15).

A aeronave estava voando de Herat para a província vizinha de Farah, na noite de sexta-feira, quando teve "problemas técnicos", disse à AFP o porta-voz do governo da província de Farah, Nasir Mehri.

O porta-voz da polícia de Farah, Mohibullah Mohib, confirmou o número de mortos. O Ministério da Defesa assinalou, por sua vez, que cinco pessoas morreram.

Uma equipe técnica foi enviada à área para investigar o acidente, declarou o Ministério da Defesa em comunicado.

Talibã assume autoria do ataque

Em uma mensagem de WhatsApp enviada a jornalistas, o porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, assinalou que militantes derrubaram o "helicóptero inimigo".

O talibã intensificou os ataques contra as forças de segurança afegãs, e atores internacionais aumentaram os esforços para convencer o grupo a negociar a paz para acabar com a guerra de 17 anos.

Autoridades dos Estados Unidos se reuniram com representantes dos talibãs no Catar em julho, e outro encontro pode acontecer ainda este mês.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE