Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Família cobra prisão de envolvidos na morte de mulher, espancada em matagal, em Santarém

O crime completou um mês e até agora, ninguém foi preso. A Polícia Civil diz que está avançando nas investigações e que há sigilo no inquérito.

 
 -  Jucimara Santos tinha 36 anos  Foto: Ida Carmem Marques
Jucimara Santos tinha 36 anos Foto: Ida Carmem Marques

A família de uma mulher de 36 anos, espancada e morta em um matagal na área da Cosanpa, bairro Caranazal, em Santarém, no oeste do Pará, cobra justiça para o caso. O crime completou um mês e até agora, ninguém foi preso.

  • Mulher é encontrada morta e com marcas de violência
  • Mulher foi agredida e teve traumatismo craniano, diz CPC

Segundo a família, Jucimara Santos saiu de casa no sábado à noite, 28 de julho, e só foi encontrada na tarde de segunda-feira, dia 30. Ela foi vista viva pela última vez saindo de casa com um motoqueiro, ainda não identificado.

O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), do Instituo Médico Legal, chegou informar que a vítima foi agredida, torturada e teve traumatismo craniano, o que provocou a morte. O laudo ainda é aguardado pelos parentes.

Parentes da vítima estão inconformados com o crime e preferem não gravar entrevista. A cunhada dela, Ida Carmem Marques, de 30 anos, foi quem reconheceu o corpo no CPC. Ela conta que já procurou a polícia, o CPC e até o Ministério Público em busca de respostas.

“Até agora nada. É uma coisa tão doída. Ninguém tinha o direito de tirar a vida dela, não tinham porquê fazer isso com ela. Ela era uma pessoa de bom coração. Porque tanta maldade, ela não fazia mal para ninguém”, disse Ida.

Ainda segundo a cunhada, a vítima morava com o marido, que estava de viajem, e os quatro filhos - um menino de 12, uma de 16, uma de 17 e o mais velho, de 24 anos. A Polícia Civil diz que está avançando nas investigações e que há sigilo no inquérito.

Corpo de Jucimara Santos, encontrado em uma área da Cosanpa em Santarém (Foto: Ida Carmem Marques) Corpo de Jucimara Santos, encontrado em uma área da Cosanpa em Santarém (Foto: Ida Carmem Marques)

Corpo de Jucimara Santos, encontrado em uma área da Cosanpa em Santarém (Foto: Ida Carmem Marques)

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE