Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Vice-presidente da Hydro é ouvido em CPI que apura danos ambientais em Barcarena, PA

Deputados ouvem nesta segunda-feira 10 John Thuestad, vice-presidente executivo da Norsk Hydro. Esta será a 23ª oitiva da CPI, instalada em março e que já ouviu mais de 50 depoimentos.

 

Deputados da CPI da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) que apura danos ambientais em Barcarena, no nordeste do Pará, ouvem na manhã desta segunda (10), John Thuestad, vice-presidente executivo da área de negócios de bauxita e alumina da Norsk Hydro ASA. Esta será a 23ª oitiva da CPI, instalada em março e que já ouviu mais de 50 depoimentos entre autoridades governamentais, moradores de comunidades afetadas, pesquisadores, cientistas, médicos, responsáveis por gravações de imagens, diretores de órgãos ambientais e da empresa Hydro Alunorte.

A CPI investiga os danos ambientais na Bacia do Rio Pará, motivados pelo acidente ocorrido nas dependências da Hydro Alunorte em Barcarena nos dias 16 e 17 de fevereiro de 2018. Depois de uma forte chuva, diretores autorizaram o despejo de rejeitos no Rio Murucupi através do “canal velho”, que não estava habilitado para nenhuma operação pelos órgãos ambientais.

O depoimento de Thuestad é considerado um dos mais importantes, ele é um executivo que tem mais de 30 anos de experiência internacional na indústria de mineração e metais. No entanto, os deputados não abrem mão de ouvir ainda o presidente mundial da empresa norueguesa, Svein Brandtzaeg.

A Comissão já recolheu inquéritos policiais, laudos oficiais e públicos, resultados de pesquisas, pareceres técnicos, imagens de vídeo e fotográfico, estudos publicados, matérias de jornais, revistas, e nas redes sociais e cobertura de TVs e rádios. Também foram realizadas viagens de inspeção às dependências da empresa.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE