Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Mais duas pessoas alvos da Operação '''Weber''' são presas em Uberaba

Ao todo, já são sete presos desde a última sexta-feira 8 . Oitavo alvo está foragido.

 

Mais duas pessoas suspeitas de participarem do planejamento dos ataques em Uberaba foram presas nesta semana. Portanto, agora são sete presos durante a Operação “Weber”, iniciada pela Polícia Federal, com apoio das polícias Civil e Militar, na última sexta (8).

As prisões desta semana foram realizadas pela Polícia Civil na segunda-feira (11) e quarta (13). Também foram apreendidos celulares e uma garrafa com álcool. Os dois homens já estão na Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira.

As informações foram repassadas ao G1 nesta quinta-feira (14), pelo delegado-chefe da Polícia Federal em Uberaba, Marcelo Xavier.

A operação continua para cumprir o mandado de prisão contra o último e oitavo alvo da operação, que ainda está foragido. “As polícias Federal, a Civil e a Militar continuam empenhadas para localizar esta pessoa e prendê-la”, acrescentou Xavier.

Operação

Segundo a Polícia Federal, o nome da operação é uma alusão ao sociólogo Max Weber, que, em um ensaio sobre a definição de Estado, atribuiu-lhe o monopólio do exercício da força, ou seja, o Estado tem o direito de recorrer à força sempre que isso for necessário

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE