Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Thomas Jefferson inicia atividades culturais com apresentação da UDI Cello Ensemble

O concerto gratuito será apresentado às 20h, na própria sede da escola de inglês em Uberlândia

 
 -

A partir deste mês, a Casa Thomas Jefferson, um Centro Binacional de ensino da língua inglesa e promoção da cultura americana, reconhecido pela Embaixada dos Estados Unidos, inicia as atividades culturais em sua sede na cidade. Assim como em Brasília, a extensão da Thomas em Uberlândia tem o compromisso com a arte, a cultura e a educação. Por isso, é também considerada um centro cultural e receberá periodicamente apresentações culturais gratuitas.

O primeiro evento cultural que compõe o calendário anual acontecerá quinta-feira (14), às 20h, na Casa Thomas Jefferson (Rua Otília Souza Oliveira, nº 75, Bairro Morada da Colina). A UDI Cello Ensemble, orquestra de violoncelos de Uberlândiarealizará um concerto gratuito que promete encantar os presentes.

A UDI Cello Ensemble, é dirigida por Kayami Satomi, professor de violoncelo da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Segundo Kayami, o concerto UDI Cello de Norte a Sul traz obras de músicas brasileiras, com as cores e timbres do Brasil expostas através da voz do violoncelo, como pouco já se (ou)viu. “As melodias das ruas brasileiras, dos folguedos, das cordas de um violão se transformarão em ritmos dos batuques das tribos, sons da mata, de Norte a Sul. É o imaginário brasileiro correndo nas veias deste instrumento importado da cultura europeia "swingando" tipicamente brasileiro. A música é arte e vem ao encontro dos valores da escola de inglês e estamos muito felizes com esta oportunidade de mostrar o nosso trabalho”, disse Kayami.

Para esse espetáculo, obras de nomes consagrados estarão reunidas no repertório:  Toro-Lobiana – Dimitri Cervo, Bachianas Brasileiras  – Heitor Villa-Lobos; Três Danças Latinas – Beetholven Cunha; Suíte de Canções Infantis Brasileiras – Andersen Viana; Brincadeira Musical sobre o tema de Waldemar Henrique; “Coco Peneruê” – Sergei Firsanov e Mercedita – Ramón Xisto Rios.

A gerente da unidade Thomas Jefferson em Uberlândia, Vanessa Firmino, afirma que a Thomas acredita no poder que a arte tem no processo de aprendizado e procura valorizar os artistas. “Por isso, eventos musicais de natureza erudita e popular compõem o nosso calendário cultural, afinal, a nossa missão é promover educação, arte e cultura”, afirma.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE