Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Comunidade São José vai receber serviços da rede itinerante de combate à violência doméstica

Os atendimentos serão realizados sexta-feira 15 , na escola São José. Moradores de comunidades vizinhas também terão acesso aos serviços ofertados.

 
 -  Serviços de saúde e cidadania fertados gratuitamente para moradores  Foto: Jéssica Alves/G1
Serviços de saúde e cidadania fertados gratuitamente para moradores Foto: Jéssica Alves/G1

Visando levar às comunidades distantes do centro urbano os serviços da rede de proteção à mulher, o projeto itinerante de serviços pelo combate à violência doméstica chega à comunidade São José, na região do planalto, em Santarém, no oeste do Pará. Os atendimentos serão realizados sexta-feira (15), na escola São José, na BR-163, Km 19, a partir das 8h.

Segundo a coordenação do projeto, moradores de comunidades vizinhas também terão acesso aos serviços ofertados. Serão disponibilizados atendimentos do MP, do Propaz, Maria do Pará, Delegacia da Mulher (DEAM), Abrigo de Mulheres, Vara da Violência Doméstica e Comissão da Mulher da OAB, com orientações jurídicas.

A quinta edição do evento será executada como parte da programação dos 185 anos da Comarca de Santarém, numa parceria do Ministério Público (MP) de Santarém com a Vara da Violência Doméstica.

Haverá orientações e palestras do Grupo Alcóolicos Anônimos, Ronda Escolar da PM, informações e agendamentos do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) e Liga da Saúde, pelo IESPES, com roda de conversa e encaminhamentos para a clínica/escola de psicologia. O Sesc Santarém levará atividades lúdicas para as crianças.

Além desses, serão ofertados serviços de saúde e cidadania. Confira abaixo:

Serviços de saúde

  • Consultas médicas;
  • Consultas odontológicas;
  • PCCU;
  • Vacinação;
  • Teste de glicemia;
  • Emissão de cartão SUS
  • Testes rápidos de HIV, Hepatite e Sífilis.

Serviços de Cidadania

  • Emissão de carteira interestadual do idoso;
  • Emissão de passe do Plano Nacional de Educação (PNE);
  • Cadastro único;
  • CRAS volante;
  • Emissão de RG, 1ª ou 2ª via;
  • Emissão de certidões de nascimento;
  • Emissão de CPF ao custo de R$ 7;
  • Fotos 3x4 ao custo de R$ 5.

A programação terá a participação da juíza da Vara da Violência Doméstica, Carolina Maia, e da promotora de justiça da Violência Doméstica, Luziana Dantas, que coordenam essa edição do projeto.

O projeto já foi levado ao Urucureá, São Raimundo da Palestina, São Raimundo do Eixo Forte e Ituqui.

Serviço

  • O que: Rede Itinerante de Combate à Violência Doméstica
  • Onde: Escola São José- Planalto
  • Dia: Sexta-feira, 15 de junho
  • Horário: A partir das 8 horas.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE