Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Encontro em Macapá vai abordar políticas públicas de saúde mental para jovens

Rodas de conversas, atividades culturais e palestras compõem a programação. Evento acontece no período de quarta-feira 18 a domingo 22 , na Universidade do Estado do Amapá.

 
 -  Enjuv será realizado no Campus 1 da Ueap, no Centro de Macapá  Foto: Jorge Abreu/G1
Enjuv será realizado no Campus 1 da Ueap, no Centro de Macapá Foto: Jorge Abreu/G1

Uma programação em Macapá quer reunir jovens para debater políticas públicas relacionadas à saúde mental, através de rodas de conversas, atividades culturais, palestras, entre outros. O evento inicia na quarta-feira (18) e segue até domingo (22), no campus um da Universidade do Estado do Amapá (Ueap).

O evento é a terceira edição do Encontro da Juventude LGBT Norte (Enjuv). Com o tema “O protagonismo da juventude LGBT: em defesa da democracia e das diversidades”, a proposta é ouvir relatos sobre a vivência de jovens de diferentes regiões e apresentar propostas.

Para um dos organizadores do evento, Renan Almeida, representante da União Nacional LGBT, o resultado pode colaborar com a diminuição do alto índice de suicídio registrado no Amapá. Ele acredita que falta mais incentivos para combater a falta de perspectiva em jovens.

“O Enjuv é um fórum de debate das juventudes da Amazônia. O foco principal é abordar essa realidade que o jovem enfrenta na região Norte. No fim do encontro, vamos ao Ministério Público apresentar nossas propostas de políticas públicas para prefeitura e governo”, disse.

Aberta a todos os públicos, a programação ocorre nos turnos da manhã, tarde e noite. Não é cobrada taxa de participação. Todas as atividades serão realizadas na Avenida Presidente Vargas, bairro Central.

Programação

Dia: 18 de abril (quarta-feira)

  • 14h – Lançamento do livro “Diversidade e o campo da educação: relatos de pesquisas”;
  • 14h30 – Mesa de debate: a política de fomento à pesquisa e a agenda de investigação em direitos humanos, gênero e sexualidade no Amapá | Debatedores: professora Mary de Fátima Guedes dos Santos (Fapeap), professor Antônio Sardinha (Unifap), Prof Rafael e Silva Lima (Ueap) e secretária Josiane Andréia Soares (Setec);
  • 16h – Roda de conversa: identidades trans, políticas públicas, realidades e perspectivas | Palestrantes: Milena Passos e Maria Luiza Brito.

Dia: 19 de abril (quinta-feira)

  • 9h – Apresentação: boas-vindas, dinâmica de integração;
  • 9h30 – Oficinas de comunicação social e mídias alternativas | Palestrantes: Tamires Marinho dos Santos, Raelma Paz Silva e Henrique Madeiros Alves Fernandes;
  • 9h45 – Coffee break;
  • 10h – Roda de conversa: agenda de prevenção combinada e sua interface com a juventude LGBT | Palestrantes: Cleiton Eusébio, Felipe Paixão e Diego Calisto | Mediador: Jean Ribeiro;
  • 12h – Almoço;
  • 14h – Mesa de abertura: autoridades do estado e município;
  • 14h – Curso sobre estigma e discriminação relacionados ao HIV | Palestrante: Cleiton Eusébio (Local: Faculdade Estácio);
  • 15h30 – O protagonismo da juventude LGBT: em defesa da democracia e das diversidades | Palestrantes: Milena Passos e Walkiria Nictheroy;
  • 16h45 – Coffee break;
  • 17h30 – Roda de conversa: luta do movimento LGBT e das mulheres negras | Palestrantes: Walkiria Nictheroy, Andrey Lemos, Alzira Nogueira, Mariela Pereira e Ana Carolina.

Dia: 20 de abril (sexta-feira)

  • 8h30 – 1ª Mostra Científica de estudos em gêneros e sexualidade;
  • 8h30 – Roda de conversa: política de saúde mental | Palestrante: Pedro Paulo Gastalho de Bicalho, Aline Guimarães e Alane Senna;
  • 10h30 – Coffee break;
  • 12h – Almoço;
  • 14h – Roda de conversa: Ministérios Público e juventudes | Palestrante: Alzira Nogueira;
  • 15h45 – Coffee break
  • 16h – Roda de conversa: comunicação sem estigma e discriminação: reconstruindo abordagens livres do preconceito | Palestrantes: Tamires Marinho dos Santos e Ana Girlene;

Dia: 21 de abril (sábado)

  • 8h – 1ª Mostra científica de estudos em gênero e sexualidade;
  • 8h – Minicurso: política de redução de danos | Palestrante: Marlon Araújo;
  • 8h – Minicurso: brega e mulheres | Palestrante: Chayene Farias;
  • 9h45 – Coffee break;
  • 12h30 – Intervalo para almoço;
  • 14h – Painel: direitos sexuais e direitos reprodutivos da juventude no contexto HIV/Aids e outras DST | Palestrantes: Diego Calisto, Simon Casal, Dorinaldo Malafaia e Priscila Doula;
  • 15h45 – Coffee break;
  • 16h – Painel: discorrendo sobre direitos fundamentais no Brasil e na América Latina | Palestrante: Simon Casal;
  • 18h – Apresentação: Viada Cultural

Dia: 22 de abril (domingo)

  • 8h – Elaboração da carta de princípios e metas do 3º Enjuv LGBT ao Ministério Público para recomendação as gestões públicas;
  • 9h – Entrega do documento e aprovação em plenária.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE