Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Funcionário de empresa de segurança morre de infarto em Barra do Garças com 31 anos

 
 -

O funcionário da empresa  Máxima Segurança, Jhonnatan Castro de Oliveira, 31 anos, faleceu na noite de segunda-feira (12/3) com um infarto do miocárdio. De acordo com a família, ele estava em casa quando começou a passar mal por volta das 19 horas e foi levado até o hospital onde os médicos constaram uma parada cardíaca e não conseguiram salvar a vida deste jovem trabalhador.

Jhonnatan atuava como vigilante nas motos da empresa circulando pela cidade e tinha seis anos como funcionário da Máxima. Ele também já atuou como moto-taxista no passado.

Familiares comentaram que Jhonnatan estava reclamando de algumas dores no peito, porém quando fazia check-up os exames não apontaram que ele tinha algum problema no coração e os médicos passaram medicamento para ansiedade que ele vinha tomando.

O diretor da Máxima, Jovair Jorge Colbek, lamentou a morte do colega. “Perdemos um excelente profissional bastante responsável e que gostava do serviço que fazia. Quase todo dia a gente se falava aqui na empresa e nunca percebi que ele estava com alguma problema. Pelo jeito foi algo realmente inesperado. Deixamos aqui os pêsames em nome da empresa para a família do Jhonnatan”, completou.

O vigilante era casado e não tinha filhos. O corpo dele está sendo velado na casa de velório de Barra do Garças e o sepultamento será logo mais às 17 horas no cemitério do Nova Barra.

Infelizmente nos últimos anos aumentou o número de casos de pessoas com problemas no coração na região de Barra do Garças e alguns infartos já foram verificados em indivíduos bastante jovens. No mês de dezembro, um rapaz de 23 anos faleceu no Jardim Piracema de infarto. No mês passado, um homem de 27 anos veio a óbito, em Goiânia, também de infarto. O pai dele é morador de Barra do Garças e trabalha na capital goiana.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE