Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Carnaval está com preço de transporte mais caro este ano, aponta Dieese-Pa

As pesquisas foram feitas pelo Dieese-Pa no terminal rodoviário de Belém na quarta-feira 7 e quinta-feira 8 . Segundo o órgão, as passagens estão mais caras 16,61% em relação ao Carnaval do ano passado.

 
 -  Terminal Rodoviário de Belém  Foto: Tarso Sarraf / O Liberal
Terminal Rodoviário de Belém Foto: Tarso Sarraf / O Liberal

Pesquisas do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese-Pa) mostram que o custo dos transportes rodoviários intermunicipal e interestadual continuam elevados neste período do Carnaval e sem descontos nas linhas que partem do terminal rodoviário.

As pesquisas foram feitas pelo Dieese-Pa no terminal rodoviário de Belém na quarta-feira (7) e quinta-feira (8). Segundo o órgão, as passagens estão mais caras 16,61% em relação ao Carnaval do ano passado. O reajuste foi autorizado pela ARCON conforme Resolução 006/2017 de 06/04/17.

As passagens nos ônibus interestaduais, também estão mais caras 1,447% em relação ao mesmo período do ano passado. O reajuste foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT).

No caso especifico da linha urbana para Mosqueiro, distrito de Belém, gerenciada pela Prefeitura de Belém, as passagens para o feriadão de Carnaval estão sem reajustes em relação ao Carnaval do ano passado. O último reajuste na passagem para Mosqueiro foi autorizado em 19/01/17, quando o valor da passagem saiu de R$ 4,35 para R$ 5,00. Esse valor da prefeitura é menor que o valor cobrado pela mesma passagem na linha operada pela empresa Condor, que substituiu a Beiradão, que está custando R$ 11,00.

Para quem vai pegar a estrada em carro particular, os gastos este ano estão maiores. Estudos do Dieese com base em informações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) do final da semana passada mostram que o litro da gasolina estava sendo comercializado em média nos postos da capital a R$ 4,020 com preços variando entre R$ 3,850 e R$ 4,199. O litro do óleo diesel estava custando em média R$ 3,512 com menor preço encontrado R$ 3,250 e o maior R$ 3,799. Já o litro do etanol estava custando em média R$ 3,576. O menor preço encontrado foi R$ 3,379 e o maior R$ 3,809.

Preços das passagens para os principais municípios do Pará

*Já está incluída a taxa do terminal rodoviário

•Abaetetuba, R$ 21,00;

•Bragança, R$ 42,50;

•Cametá R$ 56,00 (com a travessia);

•Capanema, R$ 31,52;

•Castanhal, R$ 13,75;

•Colares, R$ 20,25;

•Curuçá, R$ 27,00;

•Marudá, R$ 32,00;

•Mosqueiro, R$ 5,00 (ônibus urbano fora do terminal administrado pela Prefeitura de Belém) e R$ 11,00 (ônibus intermunicipal da linha regular dentro do terminal administrado pela empresa Condor);

•Marabá, R$ 100,00;

•Salinas R$ 39,97;

•São Caetano de Odivelas R$ 23,20;

•Tucurui, R$ 82,68 (diurno) e R$ 110,56 (noturno);

•Vigia, R$ 19,00.

Preços de ônibus intermunicipais

*Já está incluída a taxa do terminal rodoviário

+Para Tucuruí a passagem diurna custa R$ 82,68 e a noturna R$ 110,56

Abaetetuba R$ 21,00

Bragança R$ 42,50

Cametá R$ 56,00 (*)

Capanema R$31,52

Castanhal R$ 13,75

Colares R$ 20,25

Curuçá R$ 27,00

Marudá R$ 32,00

Mosqueiro R$ 11,00

Salinas R$ 39,97

São Caetano de Ovivelas R$ 23,20

Vigia R$ 19,00

Marabá R$ 100,00

Tucuruí R$ 82,68 (+)

Fonte: DIEESE/PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE