Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Cultura

Operação carnaval já começou nas rodovias do Rio de Janeiro

 
 - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Movimentação na rodovia dos Bandeirantes, em São Paulo
A PRF vai utiliza radares portáteis, etilômetros, viaturas operacionais, motocicletas e um helicóptero para “reprimir a embriaguez ao volante Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com a previsão de circulação de 1milhão e 640 mil veículos nas principais rodovias que cortam o estado do Rio de Janeiro, as operações especiais para o carnaval começaram hoje (9). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), até a quarta-feira de cinzas (14) o policiamento será reforçado com o objetivo de “proporcionar mais segurança aos usuários das rodovias federais, coibir a prática de infrações graves e reduzir os acidentes.

A PRF vai utiliza radares portáteis, etilômetros, viaturas operacionais, motocicletas e um helicóptero para “reprimir a embriaguez ao volante, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a falta de equipamentos de segurança”, como capacete, cinto de segurança e cadeirinhas para crianças.

A corporação orienta os motoristas a planejar a viagem e fazer a revisão preventiva do veículo. É recomendado checar as condições dos pneus, inclusive do estepe e verificar se os faróis estão funcionando, lembrando que eles devem ser acesos nas rodovias. Em caso de emergências nas rodovias federais, a PRF pode ser acionada pelo telefone 191.

Concessionárias

As operadoras das rodovias também prepararam esquema especial para o carnaval. A Concessionária Rio-Teresópolis (CRT), que espera receber 200 mil veículos no período na BR-116/TJ (Rodovia Santos Dumont), vai suspender as obras em andamento no período e disponibilizar “papa-filas” na praça de pedágio Engenheiro Pierre Berman, em Bongaba/Magé. Também estarão à disposição do usuário para o caso de emergências oito guinchos, três carros resgate, uma ambulância, uma UTI e seis viaturas de inspeção.

Já a Arteris Fluminense, concessionária da BR-101 Norte (Niterói-Campos), prevê a passagem de 1,1 milhões de veículos até o dia 19 de fevereiro. Os recursos operacionais e o efetivo serão reforçados no período e a operadora fez um acordo com o aplicativo de navegação Waze, que receberá informações direto do Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária.

Entre hoje e domingo, a rodovia também vai contar com uma faixa reversível na pista sentido Espírito Santo, a partir da praça de pedágio de São Gonçalo (km 299) até o início do Contorno de Itaboraí (km 291). Segundo a concessionária, a maior concentração de veículos deve ocorrer entre Niterói e o entroncamento com a RJ-124 (Via Lagos), em Rio Bonito.

Pela Via Lagos devem passar 500 mil veículos. Assim como na Arteris Fluminense, o esquema especial começou na quarta-feira (7) e termina na segunda após o carnaval (19), para atender o período de maior movimento do ano na rodovia que liga o Rio de Janeiro à Região dos Lagos.

Na região serrana, a Concer, que opera a BR-040 – Rio-Juiz de Fora, prevê um movimento de 340 mil veículos.  Estará restrito o tráfego de caminhões e carretas com três eixos ou mais na subida da Serra de Petrópolis de hoje até segunda-feira (12) entre 16h e 22h. No sábado o horário da restrição é das 8h às 14h.

Devido a obras, o trecho da Serra de Petrópolis, entre os quilômetros 81 e 78, no sentido Juiz de Fora, está operando em mão dupla, com velocidade limitada a 50 km/h e sem possibilidade de ultrapassagem. E no distrito de Pedro do Rio, também em Petrópolis, o quilômetro 49 está em meia pista no sentido Rio. 

Lei Seca

O governo do estado vai reforçar a Operação Lei Seca durante a folia na capital, região Metropolitana e interior, com ações de fiscalização e conscientização a partir de hoje até a terça-feira (13). Todo o efetivo de 250 agentes estará nas ruas para fazer 70 ações no período, inclusive durante o dia, nas saídas dos blocos de rua, praias e cachoeiras do estado.

Homens-balão, usando uma fantasia em alusão ao balão utilizado nas blitzes da Lei Seca, estarão nos blocos de rua com maior concentração de pessoas, como a Banda de Ipanema (dia 10), Simpatia é Quase Amor (dia 11), AfroReggae (dia 12) e Orquestra Voadora (dia 13), promovendo ações de conscientização.

Pela primeira vez, a Operação Lei Seca vai fiscalizar os motoristas dos carros alegóricos nos dias de desfile no Sambódromo, a pedido do Ministério Público e da Prefeitura do Rio.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE