Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Mãe e filha se livram segundos antes de muro de colégio estadual desabar; veja vídeo

Raiete Coelho e a filha Sara Coelho seguiam pela avenida Marechal Rondon e por pouco não foram atingidas. Muro é do colégio Álvaro Adolfo, que ja havia sido condenado pelos Bombeiros.

 
 -  Raiete Coelho em entrevista a TV Tapajós nesta sexta-feira  Foto: Reprodução/TV Tapajós
Raiete Coelho em entrevista a TV Tapajós nesta sexta-feira Foto: Reprodução/TV Tapajós

O desabamento do muro de um colégio estadual de Santarém, no Pará, por pouco não terminou em tragédia. Foi durante a chuva na manhã desta sexta-feira (9). Mãe e filha seguiam pela calçada, mas desviaram o caminho e seguiram pelo meio da rua. Elas se livraram em questão de segundos antes de o muro cair. A câmera de segurança de uma casa registrou o momento de desabamento. (Veja o vídeo acima).

MURO DO ÁLVARO ADOLFO CORRE RISCO DE DESABAR

As pessoas que aparecem na imagem são Raiete Coelho e a filha, Sara Coelho, que saíram ilesas. A mãe conta que seguia com a filha ao cardiologista e que teve um livramento. “Como estava muito grande o fluxo da água, a gente simplesmente foi para o meio da rua e foi na hora que caiu, foi aquele choque maior e voou aqueles pedaços de tijolos na perna da minha filha. Foi um desespero. A gente apenas se molhou toda. Graças a Deus, porque Deus livrou a gente”, relatou.

Raiete Coelho em entrevista a TV Tapajós nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Tapajós) Raiete Coelho em entrevista a TV Tapajós nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

Raiete Coelho em entrevista a TV Tapajós nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

O muro é do colégio estadual Álvaro Adolfo da Silveira, um dos mais tradicionais da cidade, que fica na avenida Marechal Rondon, bairro Santa Clara. Era por volta de 8h. No momento, havia aula e todos os estudantes já estavam em sala, segundo informou a diretora. Na hora do desabamento, a chuva estava fraca, porém havia muita água na canaleta da avenida, o que levou mãe e filha a fazerem o desvio pela rua.

Queda de muro de Colégio Estadual e alagamentos são registrados durante chuva em Santarém

Queda de muro de Colégio Estadual e alagamentos são registrados durante chuva em Santarém

A área onde o muro desabou foi isolada pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Eles também avaliaram outras partes que apresentaram risco de queda. A 5ª Unidade Regional da Secretaria de Educação do Estado (5ª-URE) será comunicada outra vez para que adote medidas urgentes para evitar desabamento do muro. Em dezembro de 2017, a estrutura havia sido condenada pelos Bombeiros e a diretora já tinha solicitado da Seduc a recuperação.

Segundo a diretora, Joice Cristina, são 85 metros de muro que estão comprometidos e que um projeto chegou ser elaborado para a revitalização. “Eles enviaram uma equipe com engenheiro para fazer o levantamento do que seria necessário. A nossa preocupação era justamente esse período de chuvas, porque, por ser a parte mais baixa do terreno, a água se acumula próximo ao muro, era previsto que isso aconteceria”, disse.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Comportamento Tipos de homens que menos atraem as mulheres
Educação Restos infantis em tumbas do Peru sugerem rituais de sacrifícios humanos
Variedades Conheça 5 novos usos para Vodka, além de bebida
Saúde e Bem Estar No inverno a pele também merece cuidados
Saúde e Bem Estar Saiba como deixar seu banheiro higienizado e o espelho sem manchas ou embaçado
Ecologia Cuidado ao deixar seu animal sozinho, ele poder ter ideias nada divertidas
Comportamento Os moles que você tem em seu corpo podem revelar coisas sobre você - acredita disso?
Ecologia Impressionante: Formigas criam pulgões como humanos domesticam gado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE